Você sabia que entre as frutas mais consumidas no Brasil, pouquíssimas são naturais do nosso país? Sabia que a azeitona e o tomate são frutos? Descubra nas linhas a seguir algumas curiosidades muito apetitosas sobre as frutas, entre as quais a maçã, o abacaxi, a banana e a laranja.

 

Existem mais de 7.500 espécies de maçãs, mas pouquíssimas são consumidas no Brasil – como é o caso da gala, da smith e da fuji.

 

Certamente foi uma maçã que Branca de Neve mordeu, mas não o que Adão e Eva comeram. Não há nada na Bíblia que indique que o fruto proibido do Jardim do Éden tenha sido uma maçã.

 

O caqui é originário da China e foi trazido para o Brasil por imigrantes japoneses.

 

Assim como o caqui, o kiwi também veio da China. Aliás, o kiwi é considerado o fruto nacional da República Popular da China.

 

Originário da África, a marula é também chamada de fruta do elefante. Com gosto semelhante ao caramelo, a marula é exportada para o mundo todo na forma de licor.

 

Quanto ao abacate, ele é originário do continente americano. Os astecas já cultivavam a fruta antes do descobrimento da América. Por sinal, o nome abacate veio de ahuacatl (o qual significa testículo – analogia com a sua forma). Existem mais de 500 variedades de abacate.

 

Sabe o que é um grapefruit? É uma fruta chamada no Brasil e em outros países de toranja – como o próprio nome indica, ela é parente da laranja. Fruta amarelo-alaranjada com polpa rosa, é muito utilizada em sucos e sobremesas em diversos países.

 

A melancia, que é um fruto natural da África, foi trazida pelo Brasil pelos negros escravos.

 

Mais de 90% da composição da melancia é puro líquido. Pode parecer estranho, mas as melhores produções dessa fruta ocorrem em regiões secas.

 

O abacaxi é chamado em muitos países de ananás. O pé de abacaxi é da família das bromélias e cada gomozinho é uma fruta separada que se juntou às demais. Aliás, o abacaxi é natural do continente americano e o termo abacaxi (largamente utilizada no Brasil) vem do tupi “ibacati” e significa “fruto fedorento”.

 

O caju não é um fruto, mas um pseudofruto. O fruto propriamente dito do cajueiro é a castanha.

 

Frutas originárias do Brasil: açaí, araçá, goiaba, guaraná, jabuticaba, jenipapo, maracujá, murici, pequi, pitanga e a seriguela.

 

Ao contrário do que muita gente pensa, a banana não é nativa do continente americano – e muito menos do Brasil. Originária do Sudeste Asiático, a fruta se adaptou muito bem ao nosso clima e solo.

 

Outra “fruta típica” que veio de longe é o tamarindo. Tido como nordestino (de fato, ele é muito consumido no Nordeste), o tamarindo é natural da África e tem os indianos como os maiores exportadores e consumidores. Agora, a surpresa: apesar de ser considerado fruto, o tamarindo é classificado como legume por se tratar de uma vagem.

 

Originária da Índia, a laranja (que dizem ser resultado do cruzamento do pomelo com a tangerina) se espalhou pela Ásia e, mais tarde, Europa. Foram os portugueses que levaram a laranja para o continente europeu e, por isso, ela é chamada em alguns países de portokali, portacal ou portocalla.

 

Antes de descascar as laranjas, cubra-as com água fervente e deixe descansar por 5 a 10 minutos. A parte branca sairá com facilidade.

 

A groselha é uma frutinha natural da Europa, também chamada de cassis. Dela, são produzidos xaropes, licores e um molho muito usado em sobremesas.

 

Um pé de seriguela é capaz de produzir até 100 quilos de fruto por safra!

 

O marmelo é consumido no Brasil na forma industrializada, a chamada marmelada. A maior parte desse marmelo é importando da Argentina e do Uruguai. Em alguns países, a fruta é consumida assada.

 

Você sabia que o tomate é uma fruta? Pois é, pouca gente sabe, mas a verdade é que, além de ser fruto, o tomate é nativo da América. Ele era desconhecido dos europeus antes da chegada de Colombo. Outros alimentos desconhecidos no velho continente antes de 1492: a batata, o chocolate, o abacate, o abacaxi, o pimentão, a abóbora, o milho…

 

A azeitona também é um fruto. Por isso, quando estiver brincando de “Stop” com os amigos, pode incluí-lo com tranquilidade na categoria fruta. O curioso é que a oliveira, a árvore da qual é colhida a azeitona, pode viver até mil anos ou mais. Há registros do cultivo na azeitona na antiga Grécia, Egito, Palestina e Roma.

 

O cacau é um fruto e o chocolate é feito a partir da semente, não da polpa.

 

Ao contrário do que dizem por aí, a abóbora não é um legume. Assim como o tomate, a azeitona e o cacau, ela é uma fruta.

 

Share: