O chá é a segunda bebida mais consumida no mundo, atrás apenas da água. Estima-se que sejam consumidas 3 bilhões de xícaras do produto por dia.

 

O chá é uma bebida preparada através de infusão com água quente de folhas de uma planta de origem asiática chamada Camellia sinensis. No Brasil e em Portugal, no entanto, a palavra chá é popularmente usada como referência a todo tipo de infusão (chá de camomila, boldo, erva-cidreira etc).

 

A Camellia sinensis é uma árvore de até 15 metros, mas as podas constantes evitam que atinja grande altura. Ela é bastante cultivada em países como Índia, Sri Lanka, Japão, Malásia e, principalmente, China.

 

Uma única planta pode produzir folhas de chá durante 50 anos.

 

Os maiores produtores mundiais de Camellia sinensis são a Índia e a China.

 

O maior importador e maior consumidor per capita do mundo é a Grã-Bretanha. Em média, cada britânico consome quatro xícaras de chá por dia.

 

Os chineses consomem chá há quase 5 mil anos.

 

Aliás, os responsáveis por levar a cultura do chá para o Japão foram os chineses.

 

O chá mais caro do mundo é cultivado numa fazenda do interior da China (uma xícara pode custar 360 reais). Acredite, ele é adubado com fezes de ursos pandas.

 

Por falar nisso, você sabia que existem em toda a China lojas especializadas em chás? Elas vendem os mais diferentes tipos de chá – chá branco, verde, preto, oolongs (chá chinês tradicional) – dos mais diversos níveis de oxidação, climas e regiões do país. Aliás…

 

Você sabia que existem 3 mil variedades de chá?

 

As referências mais antigas na literatura europeia sobre o chá são atribuídas ao aventureiro italiano Marco Polo.

 

O chá foi levado para a Europa por colonizadores holandeses e portugueses.

 

Não se sabe se é lenda ou não, mas dizem que o famoso chá das 5h foi introduzido na Inglaterra por uma monarca de origem portuguesa: Dona Catarina de Bragança. Aliás, também é muito difundida a história de que o bairro novaiorquino do Queens recebe esse nome em homenagem a mesma Dona Catarina.

 

Uma chávena (pote ou xícara) de chá branco tem a mesma quantidade de antioxidantes que 10 copos de suco de maçã.

 

Esqueça a história de que o chá possui mais cafeína do que o café. Na verdade, ele possui somente metade da cafeína.

 

De cada seis norte-americanos, cinco consomem chá diariamente.

 

O chá verde recebeu esse nome porque as folhas da Camellia sinensis sofrem pouca oxidação durante o processamento, o que não acontece com as folhas do chá preto.

 

Além de possuir vitamina B1, vitamina B2, vitamina K e vitamina C, o chá verde pode diminuir as taxas de colesterol, ativar o sistema imunológico, retardar o envelhecimento e prevenir doenças como Alzheimer e câncer. Pesquisas indicam ainda que adultos que consomem chá com regularidade podem se tornar mais ágeis e independentes na velhice em comparação com os que não consomem.

 

O tipo de chá mais consumido do mundo é o chá preto.

 

Você sabia que os ingleses costumam tomar chá com leite?

 

O Brasil é apenas o 52º maior consumidor de chá do mundo, muito atrás de países como Índia, China, Turquia, Rússia e Estados Unidos.

 

A infusões (que pelo menos nove de cada dez brasileiros chamam de chá) mais comuns no Brasil são de camomila, erva-cidreira, erva-doce, hortelã, jasmim, romã, gengibre, boldo e carqueja.

 

Entre as plantas medicinais mais utilizadas em chás/infusões pelos brasileiros estão a camomila, o gengibre, o quebra-pedra e o guaco.

 

Como o chá é chamado ao redor do mundo:

Thee ( Holanda

Thé ( França )

Tea ( Hungria / Inglaterra )

Herbata ( Polônia )

Te ( Suécia )

Çay ( Turquia )

Cha ( China e Japão )

Tee ( Alemanha )

Tè ( Itália )

Chá ( Brasil / Portugal )

Té ( Espanha )

Chai ( Rússia )

 

Share: