Os gatos pertencem à classe dos mamíferos e família dos felinos. Entre os felinos mais conhecidos estão o leão, o tigre, a onça-pintada e o leopardo. Descubra nas linhas a seguir algumas curiosidades – algumas totalmente desconhecidas, com certeza – sobre o seu bichano. Algumas são muito interessantes.

 

Existem mais de 100 raças de gatos, as mais conhecidas são: abíssinio, sphinx, angorá, persa, himalaio, siamês, pelo curto brasileiro e pelo curto americano.

 

O ancestral mais remoto do gato se chamava miacis (uma criatura que vivia em árvores), uma espécie do Paleoceno, que viveu há cerca de 40/50 milhões de anos.

 

Os primeiros indícios de domesticação dos gatos datam de 9.500 atrás, mas estudiosos afirmam que ela talvez seja ainda mais antiga.

 

Os gatos eram considerados animais sagrados no antigo Egito. Bastet, a deusa da fertilidade e da felicidade tinha cabeça de gato.

 

A exportação de gatos era proibida no Egito antigo e o contrabando do animal podia ser punido com a pena de morte.

 

Os antigos persas acreditavam que ao maltratar um gato preto podíamos estar maltratando um espírito amigo.

 

Na Idade Média, os gatos pretos eram vistos como bruxas transformadas em animais. Eles chegaram a ser perseguidos pela Inquisição.

 

Dando ou não azar, os gatos pretos provocam mais alergias nos humanos do que os brancos e de outras cores. Isso porque os pelos pretos contém maior número de substâncias alergênicas.

 

No antigo Sião – atual Tailândia –, os gatos eram presenteados como forma de honrar uma pessoa.

 

Os gatos possuem mais ossos do que os seres humanos. Enquanto uma pessoa possui 206 ossos, um gato possui 245.

 

Os gatos possuem cinco vértebras a mais que os humanos.

 

Cerca de 10% dos ossos do gato se encontram na cauda. O motivo é simples: é a cauda a responsável pelo equilíbrio do animal.

 

Enquanto os cães possuem 42 dentes, os gatos possuem 30. Os dentes de leite do gato dão lugar aos permanentes aos sete meses de idade.

 

Acredite, o gato é capaz de pular cinco vezes a sua própria altura.

 

Cinquenta quilômetros por hora, essa é a velocidade que pode atingir um gato doméstico.

 

A propósito, enquanto um humano ouve até 20 khz, um gato ouve até 65 khz.

 

Os gatos possuem 32 músculos apenas para controlar as orelhas. Elas podem girar até 180 graus e de modo diferente.

 

À noite, os gatos enxergam seis vezes melhor do que um ser humano. Para enxergar, eles necessitam de 1/6 da quantidade de luz necessária a um homem.

 

O campo de visão de um gato doméstico foi calculado em cerca de 185 graus.

 

Não se sabe se o gato é capaz de enxergar o vermelho (eles podem vê-la como cinza ou preto), mas é quase certo que distinguem o verde, o azul e o amarelo.

 

Proporcionalmente ao corpo, os gatos estão entre os mamíferos com os maiores olhos.

 

Os gatos possuem pupilas verticais por que são sensíveis à luz. Abertas, elas ocupam uma área proporcionalmente maior do que a pupila humana.

 

Os olhos de um filhote abrem cerca de sete dias depois do nascimento. Eles começam a ouvir 15 dias depois de nascidos.

 

Gatos siameses são normalmente estrábicos (vesgos).

 

Dizem que gatos de pelagem branca e olhos azuis tem surdez parcial ou total.

 

O olfato do gato também é superior ao dos humanos. Enquanto nós possuímos de 5 a 20 milhões de células olfativas, os gatos possuem de 60 a 80 milhões.

 

Os gatos possuem 24 bigodes agrupados de 4 em 4. Os bigodes são utilizados para medir distâncias.

 

O gato doméstico é uma das raras espécies que conseguem manter a cauda ereta enquanto andam. A propósito, os gatos andam na ponta dos dedos.

 

Os gatos esfregam o rosto em pessoas e objetos para marcá-los com o seu cheiro. O odor é deixado por glândulas na parte anterior do rosto.

 

Quando se esfregam um nos outros, os gatos estão, na verdade, fazendo um gesto de amizade. Quando uma fêmea se esfrega em um macho, está demonstrando interesse sexual.

 

Gatos adultos saudáveis passam 15% da vida dormindo!

 

Gatos passam cerca de 30% da vida se limpando!!

 

Os gatos selvagens miam muito menos do que os domésticos.

 

Ninguém sabe o porquê, mas é fato que gatos respondem com mais facilidade aos nomes terminados com “i” .

 

A expectativa de vida de um gato é de 16 anos, mas já foram registrados casos de gatos que viveram muito mais do que isso.

 

Gatos com pelos de três cores normalmente são fêmeas.

 

O sphinx é a única raça que não possui pelos.

 

Algumas das doenças mais comuns entre os gatos: toxoplasmose, leucemia felina, panleucopenia felina, síndrome urológica, peritonite infecciosa felina e alergia.

 

A fobia (medo patológico) de gatos é chamada de ailurofobia.

 

A história de que os gatos tem sete vidas podia bem ser verdade! Cientistas norte-americanos estudaram o caso de um gato que caiu 21 metros sem sofrer nenhuma lesão. O caso mais incrível registrado até hoje é de um gato que despencou de 96 metros (o equivalente a 32 andares) e sobreviveu.

 

Se de repente o gato salta para perto da janela, mira fixamente um ponto na rua e começa a fazer um som trêmulo, é por que está vendo uma caça potencial fora do seu alcance.

 

Se um gato arreganha os dentes, eriça os pelos e emite um ruído baixo e ao mesmo tempo ameaçador, é sinal de que ele não está de bom humor.

 

Os cachorros não são inimigos naturais dos gatos. Quando um cachorro late para um gato é por que este lhe é estranho e está invadindo o seu território. Criados juntos, cães e gatos podem ser bons amigos.

 

Alguns dos gatos mais famosos dos desenhos animados: Frajola, Tom, Gato Félix, Gato de Botas, Manda-Chuva, Garfield, Chuvisco, Zé Bolha e Hello Kitty.

 

Share: