Descubra nas próximas linhas algumas curiosidades sobre a vida e a carreira do pintor Henri Matisse. É verdade que ele era formado em Direito? É também verdade que despontou na arte somente depois dos 30 anos de idade? Confira.

 

O gravurista, ilustrador, escultor e pintor francês Henri Matisse nasceu na região de Cateau-Cambrésis em 31 de dezembro de 1869.

 

O nome completo do artista era Henri-Émile-Benoît Matisse.

 

Matisse estudou Direito, só vindo a se dedicar a arte após um período de convalescença – mais propriamente depois de uma crise de apendicite.

 

Uma curiosidade: você sabia que Matisse estudou arte com Gustave Moureau e William Bouguereau? Quando tiver um pouco de tempo, compare as obras desses três gênios na internet e verifique como seus estilos são totalmente diferentes.

 

Apesar de ser um artista moderno, Matisse foi influenciado pelo pintor barroco francês Jean-Baptiste-Siméon Chardin. O artista que mais influenciou Matisse, no entanto, foi um holandês: Vincent Van Gogh.

 

Os primeiros anos de casamento de Matisse foram realmente duros. Para complementar o orçamento familiar, sua esposa Amélie Parayre confeccionou chapéus. Matisse, por sua vez, trabalhou como assistente de cenógrafo.

 

Por falar em Amélie, você sabia que ela serviu de modelo para o artista?

 

Uma das primeiras pessoas a incentivar e investir na arte de Henri Matisse foi a escritora Gertrude Stein. Amiga de artistas e intelectuais, Stein foi uma das maiores agitadoras culturais europeias do início do século XX.

 

Sua primeira exposição individual ocorreu em 1904, no Grand Palais. Na época, contava 35 anos de idade.

 

Matisse conheceu Picasso, Paul Signac, entre outros artistas de seu tempo.

 

Matisse foi um dos representantes de um movimento chamado Fauvismo (o curioso é que ele próprio não se considerava um fauvista). As principais características da arte fauvista são: pinceladas fortes, uso de cores puras, demonstração de sentimentos nas obras e planos delimitados pelas cores.

 

Além de pintor e escultor, Matisse foi um excelente ilustrador. Chegou a ilustrar uma edição de As Flores do Mal, de Baudelaire, e de Ulisses, de James Joyce.

 

Fez figurinos e cenários para uma montagem teatral do clássico O Vermelho e o Negro, de Stendhal.

 

Admiradores de Picasso e de Matisse costumavam trocar farpas e ofensas em defesas de seus ídolos.

 

Matisse nunca parou de pintar, mesmo quando estava enfermo e de cama. Ele fixava lascas de carvão na extremidade de varas e rabiscava as paredes da suíte do hotel Régina, em Nice, onde estava hospedado.

 

Share: