Considerado um dos fundadores da bossa nova, Tom Jobim foi um dos melhores compositores brasileiros do século XX. Mas o que você sabe sobre a sua carreira? Descubra algumas curiosidades a respeito de sua vida, trajetória artística e legado cultural.

 

O nome verdadeiro do maestro, compositor, pianista e cantor Tom Jobim era Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim.

 

Tom Jobim nasceu no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro, em 25 de fevereiro de 1927.

 

Conta-se que o sobrenome Jobim veio da localidade de Jovim, em Portugal, onde nasceu o trisavô de Tom.

 

Tom adorava nadar. Tanto que quando era mais jovem costumava atravessar a lagoa Rodrigo de Freitas a nado.

 

O primeiro emprego foi como vendedor de churros.

 

Jobim pensou seriamente em trabalhar como arquiteto, chegando a ingressar no primeiro ano da faculdade e se empregar num escritório particular, mas desistiu.

 

Uma vez que algumas expressões usadas na música não existem em inglês, Tom Jobim enfrentou grande dificuldade para traduzir Águas de Março para a língua de Shakespeare. O nome da música, por exemplo, teve como tradução Águas do Degelo, uma vez que março representa o fim do inverno no Hemisfério Norte.

 

A música Luiza foi composta para a novela Brilhante, exibida no horário da 21 horas. Sua inspiração foi a atriz Vera Fischer, que interpretou a protagonista da trama da Rede Globo.

 

Lygia foi inspirada numa namorada do escritor Fernando Sabino.

 

Composta numa parceria entre Tom Jobim e Vinicius de Moraes, a música Chega de Saudade ajudou a lançar a carreira de João Gilberto e a tornar conhecida a Bossa Nova. O álbum Chega de Saudade é considerado o quarto melhor disco de MPB da história pela revista Rolling Stone.

 

A música mais famosa de Tom é Garota de Ipanema, composta em parceria com Vinicius de Moraes. Garota de Ipanema é considerada a segunda música mais tocada no mundo depois de Yesterday, dos Beatles.

 

De início, ninguém sabia quem era a inspiração para Garota de Ipanema. Só anos depois que Vinicius revelou ser Helô Pinheiro, mãe da apresentadora Ticiane Pinheiro. Em tempo: o nome original da música era Garota Que Passa.

 

Acredite se quiser, mas existem mais de 170 versões de Garota de Ipanema. Entre os músicos que a interpretaram vale lembrar de Frank Sinatra, Madonna e Amy Winehouse.

 

Tom lançou em 1967 um álbum em parceria com o cantor norte-americano Frank Sinatra. A música de maior destaque nesse trabalho foi Garota de Ipanema, ou Girl of Ipanema.

 

Ainda com Vinicius de Moraes, trabalhou na trilha sonora da peça Orfeu da Conceição e do filme Orfeu Negro (na verdade, uma adaptação da peça), dirigido por Marcel Camus. Orfeu Negro foi o único filme em língua portuguesa a ganhar o Oscar de melhor filme estrangeiro.

 

Tom Jobim trabalhou em parceria com Billy Blanco, Toquinho, Edu Lobo, Dolores Duran, Elizete Cardoso, João Gilberto, Dorival Caymmi, Miucha, Elis Regina e Frank Sinatra.

 

O aeroporto internacional do Rio de Janeiro foi batizado de Tom Jobim graças a um pedido feito ao Congresso Nacional por vários músicos e intelectuais, entre eles Chico Buarque, Edu Lobo, Oscar Niemeyer e João Ubaldo Ribeiro.

 

Os mascotes dos Jogos Olímpicos e Jogos Paraolímpicos do Rio de Janeiro em 2016 foram batizados de Vinícius e Tom, em homenagem aos músicos brasileiros.

 

Fontes: Wikipédia, UOL Educação, Vírgula, O Globo.

 

Share: