Em agosto de 2017, o mundo lembrou os 40 anos da morte do cantor Elvis Presley. Visto como um dos pioneiros do rock, Elvis é até hoje considerado um dos maiores cantores da música norte-americana. Curiosamente, o Rei do Rock nunca cantou fora dos Estados Unidos. Essa e outras curiosidades sobre o maior ícone do rock poderão ser conferidas a seguir.

 

Vernon Presley, o pai, ficou na cadeia durante oito meses quando o futuro astro da música tinha apenas três anos. Ele cumpria pena por falsificação de cheques.

 

Em seu aniversário de 11 anos, Elvis ganhou um violão de presente da mãe. Não que ela quisesse que o filho fosse música, queria apenas que desistisse da ideia de comprar uma espingarda.

 

Quando nem sonhava em se tornar o Rei do Rock, Elvis Presley chegou a ganhar a vida como caminhoneiro em Memphis. Além disso, pouca gente sabe, o Rei foi lanterninha de cinema e coveiro.

 

Elvis teve um irmão gêmeo que nasceu morto. O Rei chegou ao mundo 35 minutos depois do irmão. Amigos contam que ele não só sentia a presença do irmão como, às vezes, conversava com ele.

 

O Rei era loiro (ele pintou o cabelo de preto aos 17 anos), tinha 1,74 metro de altura e calçava 40. Pesou 76 quilos durante muito tempo, chegando a quase 130 na época da sua morte.

 

A primeira aparição de Elvis na TV ocorreu em 28 de janeiro de 1956, quando ele interpretou a música Heartbreak Hotel.

 

Elvis Presley vendeu 1 bilhão de discos em todo o mundo. Cerca de 40% foram vendidos fora dos Estados Unidos.

 

O Rei esteve no topo da parada inúmeras vezes. Dezoito músicas suas lideraram o ranking de música pop da revista Bilboard. E, apesar de ganhar apenas três, Elvis foi indicado ao Grammy 14 vezes.

 

Elvis sempre desejou se apresentar fora dos Estados Unidos, mas seu empresário nunca permitia. O motivo era que, Tom Parker, o empresário, era imigrante ilegal. Ele tinha medo de sair dos Estados Unidos e não conseguir entrar novamente.

 

Elvis possuía dois jatos particulares, um batizado com o nome da sua filha Lisa Marie, e o outro, com o nome da música Hound Dog.

 

O último show de Elvis ocorreu em 26 de junho de 1977 na cidade de Indianápolis, estado de Indiana. A última música cantada por ele durante essa apresentação foi I Can’t Help Falling in Love With You.

 

Um plano para roubar o corpo do Rei foi descoberto dias depois do enterro pela polícia federal norte-americana. Para garantir mais segurança, a família resolveu transferir o corpo para a mansão do cantor, em Graceland.

 

O túmulo do cantor é um dos mais visitados do mundo. No aniversário de sua morte, milhares de fãs acorrem à mansão onde Elvis viveu e está sepultado para prestar homenagens ao Rei. O local é preservado como um santuário. A devoção chegou a tal ponto que alguns já dão como certo o surgimento de uma nova religião devotada a Elvis Presley.

 

Oito milhões de cópias dos discos de Elvis Presley se esgotaram em apenas cinco dias após sua morte, em agosto de 1977. Mesmo depois de três décadas de sua morte, seus herdeiros continuam faturando alto. Só no ano 2000, a venda de discos, somadas a de ingressos para visitar sua mansão e souvenires com a imagem do Rei renderam 35 milhões de dólares.

 

Fonte: Wikipédia, O Estado de S. Paulo, Guia dos Curiosos.

Share: