O nome completo de John Lennon (1940 – 1980) era John Winston Lennon. Foi um dos principais compositores, instrumentistas e cantores do rock britânico. Iniciou carreira solo no início dos anos 1970, mas teve a vida tragicamente interrompida por uma arma. Descubra nas linhas a seguir alguns fatos curiosisos sobre a sua vida.

 

Seu pai, Alfred Lennon, trabalhava na marinha mercante e deixou a família quando John ainda era pequeno. Abandonada pelo marido, a mãe de John, Julia Stanley Lennon, deixou o filho para que fosse criado pela irmã Mimi. Apesar disso, Julia visitava o filho com frequência.

 

Antes de conhecer Yoko Ono, Lennon foi casado com Cynthia Powell, com quem teve o filho Julian. Em seu livro de memórias, Cynthia acusa Lennon de tê-la abandonado para se juntar a Yoko.

 

John e Yoko produziram um álbum chamado Unfinished Music No.1: Two Virgins, onde ambos aparecem nus na capa e contracapa.

 

John e Yoko se casaram em 1969. Eles aproveitaram o casamento para promover um evento pacifista chamado “John e Yoko na cama pela paz”.

 

Por falar em pacifismo, você sabia que John devolveu sua medalha de Membro do Império Britânico à Rainha Elizabeth para protestar contra o envolvimento do Reino Unido na Guerra do Vietnã?

 

O casal se separou em 1973 e John começou a viver com outra mulher. A separação, porém, não durou muito e em 1975 eles já tinham se reconciliado. John e Yoko permaneceram juntos até a morte dele em 1980.

 

No início da carreira dos Beatles, John Lennon escondeu o fato de ser casado para não “decepcionar as fãs do grupo”.

 

John Lennon e Paul McCartney escreviam músicas em colaboração um com o outro, e mesmo as canções que faziam sozinhos eram creditadas a dupla Lennon/McCartney.

 

Lançado em 1970, o primeiro disco solo de Lennon contou com a participação de Ringo Starr.

 

As posições pacifistas e políticas do novo casal Lennon – inclusive contra a Guerra do Vietnã – renderam investigações e censuras nos Estados Unidos.

 

A primeira banda de Lennon se chamava The Black Jacks, mais tarde chamada de The Quarrymen.

 

Lennon e seus amigos músicos pensaram em mais de cinco nomes antes de adotarem The Beatles. O primeiro a pensar no nome foi o então baixista Stuart Sutcliffe, que sugeriu The Beetles (os besouros) em homenagem a banda The Crickets (os grilos), de Buddy Holly.

 

Pouca gente sabe dessa: apesar de impressionado com o talento de instrumentista e compositor de Paul McCartney, John Lennon relutou em chamá-lo para integrar a sua banda.

 

O primeiro país estrangeiro onde o recém-formado grupo The Beatles tocou foi a Alemanha. Deportado por ser menor de idade, George Harrison não pôde participar do show.

 

Ringo Starr passou a integrar a banda em 1962, quando os Beatles já tinham se tornado famosos em sua terra natal, Liverpool.

 

Please Please Me, o primeiro álbum dos Beatles, foi gravado em apenas um dia.

 

Conta-se que não foi registrado nenhum assalto ou homicídio nos Estados Unidos durante os cinco primeiros minutos da primeira apresentação dos Beatles no programa de TV de Ed Sullivan, em 1964.

 

Nas gravações do álbum Abbey Road, os Beatles já estavam brigados e decididos a encerrar a carreira da banda. Eles não tocavam mais juntos e cada um gravou a sua parte separadamente.

 

A música The Ballad Of John And Yoko foi gravada apenas por John Lennon e Paul McCartney, sem a participação de Ringo Starr e George Harrison.

 

I Wanna Be Your Man, a primeira música dos Rolling Stones, foram dadas de presente por Lennon e McCartney.

 

A audiência de um show dos Beatles transmitido pela TV norte-americana em 1964 foi de impressionantes 73 milhões de pessoas – ou seja, quase 1/3 da população do país.

 

Assim que foi preso pela polícia, Mark Chapman, o assassino do ex-Beatle, afirmou que leu no livro O Apanhador no Campo de Centeio, de J. D. Salinger, uma mensagem para matar John Lennon.

 

Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos escolheu Imagine como uma das três melhores canções de todos os tempos. As outras duas foram My Way, de Frank Sinatra, e Hotel California, da banda Eagles.

 

Vinte anos após a morte de Lennon, foi inaugurado um museu em sua homenagem na cidade de Sataiama, no Japão. Detalhe: o museu fechou as portas no início da década.

 

Alguns fanáticos religiosos não só acreditam como ajudam a propagar a teoria conspiratória de que John Lennon foi assassinado por afirmar, certa vez, que os Beatles são mais populares do que Jesus Cristo.

 

Uma vez, John Lennon tentou gravar Yellow Submarine debaixo d’água. Mas para conseguir tal proeza, ele teve que colocar um preservativo no microfone para evitar choques elétricos.

 

A privada de Lennon foi leiloada pelo valor de U$ 14 mil.

 

O roqueiro Ozzy Osbourne gravou uma versão de How, do disco Imagine, em prol da Anistia Internacional.

 

Em Liverpool, sua terra natal, a festa de aniversário de 70 de John Lennon durará dois meses e terá mais de 20 atrações.

 

Share: