David Robert Jones, ou David Bowie, nasceu em Brixton, ao sul de Londres em 1947. Era um descendente de irlandeses que nasceu numa região conhecida atualmente pela impressionante diversidades étnica e cultural. Descubra 25 coisas que você devia saber sobre esse gênio da música pop nas linhas a seguir.

 

Bowie era chamado de Camaleão do Rock, apelido que ganhou pela sua capacidade de recriar a sua imagem.

 

Ele era tido por muitos como o criador do glam rock (ou “glamour rock”), um estilo predominante no Reino Unido do início dos anos 70. A sua principal característica eram as performances e trajes com purpurina, lantejoulas, saltos altos e outros acessórios.

 

Entre as influências de David Bowie na juventude estão Elvis Presley, Little Richards, Fats Domino, Chuck Berry e Rolling Stones.

 

Formou a sua primeira banda de rock, a Kon-Rads, aos 15 anos de idade. Seu segundo grupo foi o Kings Bees.

 

O primeiro nome artístico por ele adotado foi Davie Jones, que mudou para não ser confundido com Davy Jones, um dos integrantes do The Monkees. Adotou o David inspirado num personagem do filme 2001 – Uma Odisseia no Espaço, e o Bowie inspirado em Jim Bowie, um herói da guerra do estado norte-americano do Texas contra o México.

 

The Hype, uma das suas bandas, foi vaiada em todos os lugares em que se apresentava. Os músicos costumavam entrar no palco vestidos de super-heróis.

 

A primeira música a alcançar um relativo sucesso foi Space Oddity, lançada em 1969 para coincidir com a chegada do homem à Lua. Ela chegou a ser usada pela BBC como música de fundo das cobertura do evento.

 

Ele toca todos os instrumentos do álbum Diamond Dogs, inclusive a guitarra no solo de Rebel Rebel.

 

Tinha um meio-irmão esquizofrênico, chamado Terry, que se suicidou em 1985. Terry inspirou músicas como Alladin Sane, Jump they Say e The Madmen.

 

Bowie era casado desde 1992 com a modelo somali Iman Abdulmajd, com quem teve uma filha chamada Alexandra Zahra. (Iman faz o papel da esposa do faraó no clipe Remember the Time, de Michael Jackson).

 

Era amigo de grandes astros da música, como Iggy Pop (com quem dividiu um apartamento durante um tempo), Brian Eno, John Lennon, Peter Townshend, Mick Jagger, Brian May, Freddie Mercury, Annie Lennox, Lou Reed e Peter Frampton. Aliás…

 

O guitarrista e cantor Peter Frampton era amigo de escola de Bowie. Ambos chegaram a se apresentar diversas vezes juntos, com Frampton na guitarra.

 

Fez com Freddie Mercury uma parceria nos vocais da música Under Pressure, do Queen.

 

Gravou uma música em dueto com ninguém menos que Bing Crosby. Chamada Little Drummer Boy, ela foi gravada para o Natal de 1977.

 

Bowie tinha uma pupila dilatada (o que dava a impressão de possuir olhos de cores diferentes) em virtude de um soco que levou do amigo George Underwood por causa de uma menina. Isso, no entanto, não abalou de todo a amizade. Tanto é que foi Underwood quem fez algumas ilustrações de álbuns de Bowie.

 

Aos 17 anos, fundou uma ONG que visava combater o preconceito contra homens cabeludos chamada Sociedade de Prevenção da Crueldade Contra Homens de Cabelos Compridos. Ele chegou a conceder uma entrevista para a BBC em defesa da sua causa.

 

Devido a uma artéria bloqueada, passou por uma cirurgia no coração em 2004.

 

Bowie e a esposa viviam entre Nova York e Londres. Ele, no entanto, chegou a morar durante muito tempo em Berlim, na Alemanha.

 

No filme Labirinto, de Jim Henson, de 1986, Bowie interpreta o personagem Jareth, o rei dos duendes.

 

Ele interpreta Pôncio Pilatos no filme A Última Tentação de Cristo, de Martin Scorsese, lançado em 1988.

 

Sua aparição mais recente num filme foi em O Grande Truque, de 2006, com Hugh Jackman e Scarlet Johansson.

 

A banda de rock brasileira Nenhum de Nós lançou uma versão em português do mega sucesso Starman, em 1989. Chamada de Astronauta de Mármore, ela foi uma das músicas mais tocadas nas rádios daquela época.

 

Além de músico, Bowie era também artista plástico. Ele fazia gravuras, pintava e esculpia com frequência. Curiosamente, a sua única zero na escola foi justamente em artes.

 

Ao todo, Bowie vendeu 140 milhões de discos durante a carreira.

 

Fontes: Wikipédia, BBC Brasil, The Huff Post. Wiplash.

 

Share: