O Fluminense é, ao lado de Flamengo, Botafogo e Vasco da Gama, um dos quatro grandes times do estado do Rio de Janeiro. Com mais de 100 anos de idade, ele possui uma história interessante. Descubra algumas curiosidades sobre a sua origem, história e conquistas de 1902 até os dias atuais.

 

O Fluminense Football Club foi fundando no dia 21 de julho de 1902 por Oscar Cox e amigos na Rua Marquês de Abrantes, 51.

 

Era para o time ser batizado de Rio Football Club, mas o nome escolhido acabou sendo mesmo Fluminense. Detalhe: “flumen” significa “rio” em latim.

 

O primeiro jogo do novo time foi disputado em 19 de outubro de 1902, três meses após sua fundação. A partida ocorreu no campo do Payssandu e o adversário era justamente um time chamado Rio Football Club. Foi a primeira goleada da história do Fluminense. Placar: 8 a 0.

 

O primeiro gol foi feito pelo jogador Horácio Costa Santos, justamente na partida contra o Rio Football Club.

 

A primeira partida do Campeonato Carioca foi em 1906, contra o Payssandu. O Fluminense venceu por 7 a 1.

 

Já a primeira partida contra um time estrangeiro aconteceu em 1910 contra o Corinthians… da Inglaterra!! Foi uma maiores goleadas sofridas pelo time. O Flu perdeu de 10 a 1.

 

A primeira partida no Torneio Rio São Paulo ocorreu em 1933 contra um time do próprio Rio de Janeiro: Vasco da Gama. Vitória do Flu por 3 a 1.

 

A primeira partida no Campeonato Brasileiro data de 1971 e foi disputada com o Internacional de Porto Alegre. O jogo terminou empatado em 0 a 0.

 

Os jogos entre os arqui-rivais Fluminense e Flamengo são chamados de Clássico das Multidões ou apenas Fla-Flu.

 

O preconceito racial no futebol é tão antigo quanto o próprio esporte. Tanto é que, no princípio, os times não aceitavam jogadores negros. Para jogar, eles alisavam o cabelo ou cobriam o rosto com pó-de-arroz para disfarçar a cor da pele. A estratégia nem sempre dava certa, pois, com o suor, o pó acabava escorrendo. Foi o que aconteceu com Carlos Alberto, jogador do Fluminense. Em uma partida pelo Campeonato Carioca de 1914, o rosto borrado do jogador chamou a atenção da torcida adversária, que apelidou o time de Pó-de-arroz.

 

A santa padroeira do Fluminense é Nossa Senhora da Glória.

 

As cores originais do time eram branco e cinza, mas como os dirigentes tinham dificuldade de encontrar camisas com essas cores, tiveram a ideia de adotar o verde o vermelho (grená) em substituição ao cinza.

 

O primeiro hino oficial do clube foi composto em 1915. O hino atual é de 1940. Detalhe: o autor é ninguém menos que Lamartine Babo, um dos maiores compositores da história da música brasileira.

 

A casa oficial do Fluminense é o Estádio do Maracanã – apesar dele ser propriedade do estado do Rio de Janeiro. Até hoje, o Flu disputou 1581 partidas no Maracanã, com 771 vitórias, 402 empates e 408 derrotas.

 

O departamento de esportes do Fluminense envolve diversas modalidades esportivas: futebol, basquete, vôlei, futsal, handebol, tênis de mesa, ginástica olímpica, natação, futebol, americano e até patinação artística.

 

O Fluminense tem cerca de 9 milhões de torcedores. É a terceira maior torcida do Rio e a sétima do Brasil (uma observação: alguns institutos de pesquisa põe “a tricolor” do Rio como a quinta maior do país).

 

O jogador que disputou o maior número de partidas pelo Fluminense foi Castilho, com 697. O maior goleador da história do clube foi Waldo, com 319 gols.

 

Torcedores tricolores famosos: Chico Buarque de Hollanda, Hugo Carvana, Jô Soares, Mário Lago, Fagner, João Máximo, Artur Moreira Lima, Zuenir Ventura, Fausto Fawcett, Nelson Motta, Luiz Paulo Conde, Moacir Andrade, Tony Platão, Fernando Carlos, David Fischel, João Luiz de Albuquerque, Ximbica, José Carlos Araújo, Afonso Soares e Nelson Rodrigues (o mais fanático).

 

Share: