Por que o Oceano pacífico é assim chamado? É verdade que as maiores fossas submarinas do planeta encontram-se nesse oceano? É também verdade que a maior parte dos vulcões da Terra se encontram nas bordas do Pacífico? Veja abaixo 10 curiosidades e números impressionantes sobre o Oceano Pacífico.

 

O Pacífico recebeu esse nome graças ao navegador português Fernão de Magalhães, que o considerou calmo. A verdade, porém, é que o Pacífico não tem nada de pacífico. Ele é mais perigoso do que o Atlântico.

 

O Pacífico é o maior oceano do planeta, cobrindo mais da metade da água marinha da Terra. Com 180 milhões de quilômetros quadrados, ele cobre quase um terço da superfície terrestre.

 

Ele responde por 33% da superfície terrestre e 46% da superfície aquática.

 

No total, o Pacífico possui 135.663 quilômetros de costas.

 

O Oceano Pacífico tem 707,5 quilômetros de fossas, e 87,8% de sua área apresenta profundidades superiores a 3.000 metros; é o oceano com maior profundidade média (cerca de -4.300 metros) e onde se localizam as maiores fossas submarinas.

 

A maior profundidade dos oceanos encontra-se na Fossa das Marianas, próximo às Filipinas, com 10.920 metros abaixo do nível do mar.

 

Boa parte das massas de ar e correntes marinhas do planeta é formada no Pacífico. É nele também que ocorrem fenômenos que influem em todo o clima do planeta, como o El Niño e o La Niña.

 

A poluição dos oceanos chegou a um ponto tão absurdo que pesquisadores descobriram a existência de duas imensas ilhas de lixo no Oceano Pacífico. Juntas, essas ilhas tem o dobro do tamanho do território dos Estados Unidos.

 

Os vulcões estão distribuídos por todo o planeta, mas a maioria se localiza no chamado Anel de Fogo do Pacífico. Essa é também uma das regiões mais sujeitas a atividades vulcânicas e terremotos no mundo. Japão e Indonésia, dois países com grande número de vulcões ficam às margens do Pacífico.

 

É no oceano Pacífico que se encontra o ponto de terra mais afastado dos continentes, a Ilha de Páscoa, distante mais de 3.500 quilômetros da América do Sul.

 

Fontes: Wikipédia, Brasil Escola, How Stuff Works.

 

Share: