Ocorrem em torno de 50 mil terremotos por ano em todo o mundo. Um dos mais devastadores da história foi o terremoto de Lisboa, em 1755. Confira aqui uma série de informações, curiosidades e números impressionantes sobre os terremotos.

 

Nós não percebemos, mas ocorrem 50 mil terremotos por ano em todo o mundo. Apenas 100, no entanto, são fortes o suficiente para provocar algum tipo de dano.

 

Um dos países mais sujeitos a terremotos é o Japão. Tanto que 10 em cada 100 tremores de terra são registrados lá.

 

O terremoto mais forte registrado até hoje ocorreu no Chile em 1960.

 

Um dos terremotos mais devastadores da história foi o de Lisboa, em 1755. Além de ser arrasada pelo tremor, a capital portuguesa sofreu com os incêndios e uma tsunami que, posteriormente, invadiu grande parte da cidade.

 

O terremoto mais mortífero da atualidade foi o que atingiu o Oceano Índico no final de 2004. O tremor no fundo do mar provocou tsunamis que invadiram o litoral de diversos países, deixando mais de 200 mil mortos. Importante: terremotos no mar são chamados de maremotos.

 

Os sismos ocorrem com maior frequência nas bordas das chamadas placas tectônicas (espécies de “cascas” que envolvem o planeta e se movimentam umas contra as outras). O maior número de terremotos ocorre nos países em torno do oceano Pacífico – nas “beiradas” das placas do Pacífico e de Nazca.

 

Um dos países mais sujeitos a terremotos e vulcanismo é a Indonésia. Foi em território indonésio que ocorreu uma maiores erupções vulcânicas registradas até agora, a do Krakatoa, que devastou a ilha de Java no século XIX.

 

A grande maioria dos vulcões do mundo se encontra ao redor do Pacífico.

 

Vítima de um intenso tremor no início de 2010, o Haiti é cortado pela Placa do Caribe. O que provocou o tremor foi, na opinião de alguns especialistas, o movimento dessa placa contra a placa da América do Norte.

 

Quer uma prova de que a crosta terrestre se movimenta? Veja o Mapa Mundi e observe como o Nordeste do Brasil se encaixa no Oeste da África. Prova de que um dia América do Sul e África formaram um único continente.

 

Você sabia que existem terremotos na Lua? Chamados de lunamotos, eles são causados pelos puxões gravitacionais que a Terra dá em seu satélite. A parte atraída com mais força é justamente a que está virada para a Terra. Os lunamotos pode chegar a 4 graus na escala Richter.

 

O estado norte-americano da Califórnia corre o sério risco de ser atingido por um terremoto de proporções inimagináveis. Chamado pela população de Big One, ele será mais violento do que o grande terremoto que arrasou São Francisco em 1906.

 

Fontes: National Geographic Brasil, Mundo Estranho, Super Interessante, Terra, Wikipédia.

Share: