O nome oficial do famoso navio que naufragou no início do século XX era RMS Titanic – Royal Mail Ship significa Navio do Correio Real.

 

Sua construção começou em março de 1909 em Belfast, na Irlanda do Norte. Até a viagem inaugural, foram três anos de preparação.

 

A empresa que o projetou chamava-se White Star Line.

 

Cerca de 15 mil homens trabalharam na construção do navio.

 

O Titanic tinha 69 metros de comprimento e pesava 46 mil toneladas.

 

Sua construção foi acompanhada pela imprensa, que o apelidou de “inafundável”.

 

O Titanic oferecia piscina, quadra de squash, restaurantes e até livrarias para os passageiros da primeira classe.

 

O Titanic zarpou com 1.300 passageiros à bordo. A maior parte viajava na terceira classe. Eram, em sua maioria, imigrantes que desejavam “fazer a América”.

 

A tripulação era formada por 900 pessoas.

 

Das 2.100 pessoas à bordo, apenas 705 sobreviveram.

 

O Titanic partiu de Southampton, Inglaterra, em direção a Nova York, Estados Unidos, em 10 de abril de 1912. O naufrágio ocorreu em 15 de abril.

 

Antes de cruzar as águas do oceano Atlântico, o Titanic fez escala em outros dois portos: Cherbourg, na França; e Queenstown, na Irlanda.

 

As condições climáticas permaneceram excelentes durante a viagem. Na noite da tragédia, o céu estava estrelado e o mar bastante calmo.

 

Entre o momento em que o iceberg gigante foi avistado e a colisão com o Titanic passaram-se apenas 1h40. Detalhe: o capitão sabia da presença de icebergs naquela região.

 

Os 20 botes salva-vidas do navio só podiam acomodar 1.178 pessoas.

 

O primeiro bote salva-vidas foi lançado ao mar uma hora após o acidente. Detalhe importante: havia apenas 28 pessoas quando, na verdade, cabiam 65.

 

O Titanic se partiu em dois antes de afundar a 48 quilômetros por hora nas profundezas do oceano Atlântico.

 

Acredita-se que a maioria das vítimas tenha morrido por hipotermia, em decorrência da temperatura da água -2 graus Celsius.

 

Oitenta por cento dos mortos eram homens.

 

O navio que socorreu os sobreviventes chamava-se RMS Carpathia.

 

A busca pelos corpos das vítimas só terminou dois meses após o naufrágio

 

No dia seguinte ao naufrágio, foram encontradas marcas de tinta no iceberg que colidiu com o Titanic.

 

Millvina Dean, a última sobrevivente, morreu em 2009 (ela era um bebê de nove meses no ano em que a tragédia ocorreu).

 

Os destroços do Titanic só foram localizados em 1985 a 3.800 metros de profundidade.

 

Os destroços da popa e da proa do navio estavam 640 metros distantes uma da outra no fundo do mar.

 

Qualquer pessoa pode visitar os destroços do Titanic, basta desembolsar U$ 60 mil e ter coragem para descer nas profundezas do Atlântico norte.

 

Foram lançados diversos documentários e filmes sobre a história do Titanic. O mais famoso e mais rentável é Titanic, de 1997, com direção de James Cameron.

 

O Titanic de James Cameron é o segundo filme mais rentável da história do cinema mundial.

 

Com mais de três horas de duração, Titanic é o 10º filme mais longo da história.

 

O filme ganhou 11 dos 14 Oscars a que foi indicado.

 

Share: