Os curdos, um povo de língua indo-europeia e religião islâmica, vivem em regiões pertencentes à países como Iraque e Turquia. Outros milhares vivem como refugiados em países europeus. Descubra outras informações e curiosidades sobre o Curdistão através dos tópicos abaixo, que selecionamos pra você.

 

Segundo relatos históricos, o povo curdo habita a mesma região há 2.600 anos. Em 612 antes de Cristo, teriam conquistado a cidade de Nínive, mas foram derrotados pelos persas.

 

A maior parte dos curdos é muçulmana de orientação sunita.

 

Os curdos são etnicamente próximos dos iranianos/persas e falam um idioma do ramo indo-europeu. Ou seja, a língua curda está mais próxima das línguas europeias do que do árabe.

 

A maioria dos curdos fala um segundo idioma, seja o turco, o farsi, o árabe ou o inglês.

 

A população curda gira atualmente em torno de 35 milhões de pessoas. Detalhe: os curdos formam a maior etnia do mundo sem uma pátria estabelecida.

 

Os curdos estão espalhados por áreas da Síria, Irã, Iraque e Turquia. A maior parte do território por eles reivindicado compreende parte do Iraque e da Turquia.

 

O nacionalismo curdo foi fortemente reprimido pelo ditador iraquiano Saddam Husseim, que chegou a usar armas químicas contra esse povo.

 

Na Turquia, o idioma curdo é proibido nas escolas. Os grupos nacionalistas são considerados terroristas e cerca de 10 mil curdos permanecem presos.

 

Estima-se que mais de 1,3 milhão de curdos estejam vivendo como refugiados na Europa, especialmente em países como Alemanha, Áustria e França.

 

O principal grupo armado curdo é o PKK (Partido dos Trabalhadores do Curdistão), fundado em 1978 por Abdullah Öcalan. O PKK é considerado uma organização terrorista internacional, inclusive por alguns países ocidentais.

 

Recentemente, cidades curdas nos territórios da Síria e Iraque foram atacadas por integrantes do grupo fundamentalista religioso Estado Islâmico.

 

Entre as principais cidades curdas estão Kirkuk (que está em território iraquiano), Kobani (em território sírio), Arbil (iraquiana), Tikrit (iraquiana), Erzurum (turca) e Suleimânia (iraquiana).

 

Fontes: Wikipédia, Brasil Escola, Mundo Educação, Mundo Estranho.

 

Share: