Macau é um enclave chinês próximo a Hong Kong e Shenzen. Digamos que é uma espécie de Las Vegas do oriente. E, acredite se quiser, é um lugar onde existem muitos falantes do português. Saiba mais e descubra curiosidades sobre Macau nas linhas a seguir.

 

A localidade chinesa de Macau foi colônia portuguesa durante 400 anos.

 

Atualmente, Macau é uma Região Administrativa Especial da República Popular da China. A região voltou a ser administrada pela China em dezembro de 1999.

 

Macau fica a apenas 60 quilômetros de Hong Kong, percurso que pode ser percorrido de automóvel em pouco mais de uma hora. Outra grande cidade próxima é a gigantesca Shenzen, na província de Guangdong, também conhecida como Cantão.

 

Assim, como Hong Kong, Macau goza de autonomia administrativa. É como se fosse um outro país com outro sistema, apesar de estar associado à China.

 

Com 18,4 habitantes por quilômetro quadrado, Macau é a cidade com maior densidade demográfica do mundo.

 

A moeda macaense chama-se pataca e é indexada ao dólar de Hong Kong.

 

As principais atividades econômicas de Macau estão o turismo e o jogo. Macau é uma das cidades com maior concentração de cassinos do mundo. Não é sem motivo que é chamada de “Las Vegas do Oriente”.

 

A verdade é que Macau atrai quase tantos turistas quanto Las Vegas. Enquanto esta última é visitada por cerca de 3,3 milhões de turistas por ano, Macau é visitada por 3,1 milhões.

Uma das línguas mais faladas em Macau é o nosso português. Outra língua bastante falada é o patuá macaense, uma mistura de cantonês com português, malaio…

 

É comum encontrar ruas, praças e outras localidades de Macau com nomes em português. Por isso, não se espante de der de cara com logradouros como Largo da Sé, Praça do Museu etc.

 

Devido a mistura de tradições religiosas, os macaenses comemoram tanto o Ano Novo Chinês quanto o Natal, tanto o Dia de Buda quanto a Páscoa cristã.

 

Entre as cidades irmãs de Macau estão a portuguesa Lisboa e a brasileira São Paulo.

Share: