Pertencente a Portugal, o arquipélago de Açores é um dos locais mais encantadores do Atlântico Norte. Possui ilhas com lagoas e outras formações vulcânicas belíssimas. Sem contar a sempre atraente arquitetura portuguesa, presente em todas as cidades. Descubra mais sobre os Açores e veja curiosidades a respeito nas linhas a seguir.

 

Os Açores são um conjunto de ilhas pertencente a Portugal localizado no nordeste do oceano Atlântico. É constituído por nove ilhas, sendo São Miguel a maior.

 

As ilhas que constituem o arquipélago são São Miguel, Santa Maria, São Jorge, Faial, Graciosa, Pico, Terceira, Corvo e Flores.

 

O arquipélago possui apenas 245 mil habitantes (o equivalente à população do pequeno município de São Caetano do Sul, no ABC paulista), sendo a maioria na ilha de São Miguel.

 

A maior parte da população é de origem europeia, principalmente portuguesa.

 

As ilhas açorianas possuem origem vulcânica. A mais antiga é Santa Maria, surgida há aproximadamente 8,1 milhões de anos.

 

A maior cidade dos Açores é Ponta Delgada, onde vivem em torno de 46 mil pessoas. Detalhe: ela é capital e sede-administrativa do arquipélago.

 

Embora seja essencialmente português, o arquipélago fica a 1.600 quilômetros do Portugal continental (lembrando que os Açores fazem parte da União Europeia).

 

Os Açores só foram descobertos pelos portugueses no início do período das Grandes Navegações, em 1427.

 

Os Açores possuem diversos lagos de formação vulcânica, cujas belezas naturais saltam aos olhos. Escarpas e montes de origem vulcânica também são comuns, entre os quais a Montanha do Pico, o ponto mais alto de Portugal, com 2.351 metros de altitude.

 

A ilha mais visitada pelos turistas é São Miguel, e não sem motivos. Além de trilhas, ela oferece visitas guiadas a lagos absurdamente bonitos como a Lagoa do Fogo, Lagoa do Congro, Lagoa das Furnas e Lagoa das Sete Cidades. Os turistas podem ainda praticar canoagem, ciclismo e montanhismo.

 

O clima no arquipélago é bastante instável, inclusive em São Miguel. Pode fazer calor e frio no mesmo dia. Um dia ensolarado pode ficar nublado num piscar de olhos.

 

O solo com forte atividade vulcânica provoca alguns fenômenos interessantes. Os restaurantes lacram as panelas com carne e legumes e enterram elas, mantendo-as no solo por até 8 horas. A temperatura de 80º Celsius ajuda a cozinhar o alimento. As panelas são retiradas no dia seguinte por volta do meio dia, horário de almoço.

 

O vapor de vulcões como o do Fogo criou fontes termais bastante procuradas pelos turistas em virtude de suas supostas propriedades terapêuticas. Em algumas dessas fontes, a temperatura pode chegar a absurdos 60º Celsius.

 

Uma das coisas que mais chamam a atenção dos turistas é a quantidade de vacas. Elas são abundantes em ilhas como São Miguel. Acredita-se que existam duas vacas para cada habitante do arquipélago. Detalhe: o queijo açoriano é muito elogiado em Portugal.

 

Outra coisa que chama com frequência a atenção são as praias de areia preta

 

Imagem acima: lago de origem vulcânica na ilha de São Miguel

 

Share: