A Chechênia ou Tchechênia é uma das 21 repúblicas que formam a Federação Russa (lembrando que a Rússia é formada por cidades federais, oblasts e províncias autônomas). Possui uma população majoritariamente muçulmana. Descubra curiosidades e saiba mais sobre a Chechênia nos tópicos a seguir.

 

A Chechênia está localizada próxima à Armênia, Geórgia e República do Daguestão, na região do Cáucaso (uma região entre os mares Cáspio e Negro).

 

A capital da República da Chechênia é a cidade de Grozny.

 

As línguas faladas são o russo e o checheno, com o detalhe de que boa parte da população é bilíngue.

 

A maioria da população segue a religião islâmica de vertente sunita.

 

A moeda local é o rublo russo.

 

Em virtude do mais recente conflito com as forças russas, a cidade de Grozny foi quase toda reconstruída. A maioria das construções é nova e ainda existem canteiros de obras em diversos pontos.

 

A Chechênia foi anexada pela Rússia em 1859, depois de uma guerra longa e sangrenta. Desde então, tem sido uma das repúblicas que formam a Federação Russa.

 

Com o fim da União Soviética, a pequena República da Chechênia declarou sua independência, mas nunca foi reconhecida nem pela Rússia nem pelo resto do mundo.

 

Com a declaração de independência, a Rússia invadiu a Chechênia, dando início a uma guerra que matou em torno de 100 mil pessoas. Cinco anos depois, teria início um novo conflito, que terminou com a destruição quase completa de Grosny.

 

A conversão de muçulmanos ao cristianismo e outras religiões é vista como traição pela família e sociedade chechenas. Os convertidos são forçados a fugir para outras regiões da Federação Russa ou mudar de país.

 

Em 2017, uma investigação independente denunciou a existência de campos de concentração para gays na Chechênia. O governo local negou, mas os relatos dão como certas as prisões, torturas e assassinatos de homossexuais em Grozny e em outro ponto da pequena república.

 

Fontes: Wikipédia, Guia dos Curiosos, Superinteressante.

 

Share: