Pertencente à Fundação Cásper Líbero, a TV Gazeta possui sede na Avenida Paulista, o centro financeiro de São Paulo. É uma das principais emissoras da cidade. Confira as nossas informações, fatos e curiosidades sobre a emissora e seus mais famosos programas.

 

A Fundação Cásper Líbero é uma instituição sem fins lucrativos que administra a Faculdade de Comunicação Cásper Líbero, o jornal online Gazeta Esportiva, a rádio Gazeta, a rádio Gazeta FM e a TV Gazeta.

 

A Fundação Cásper Líbero é fruto do testamento do jornalista Cásper Líbero, que, como não tinha herdeiros, deixou sua herança para a criação de uma fundação com fins educativos e voltado para a comunicação. Ele morreu aos 54 anos num acidente aéreo.

 

A sede da Fundação Cásper Líbero fica na avenida Paulista, um dos endereços mais famosos de São Paulo, onde também funciona a TV Gazeta.

 

No início, o prédio da Fundação Cásper Líbero (também chamado de edifício Gazeta, cabe aqui lembrar), possuía uma bandeira gigante do estado de São Paulo no lugar dos múltiplos nomes da Gazeta.

 

A TV Gazeta foi inaugurada pela Fundação Cásper Líbero em 25 de janeiro de 1970, aniversário da cidade de São Paulo.

 

Era para a Gazeta funcionar no canal 2 de São Paulo, mas como ela perdeu a concessão, acabou operando no canal 11.

 

Foi a Gazeta quem criou o modelo de debates políticos utilizado até hoje na televisão brasileira, com divisão de blocos, cronometragem de perguntas e réplicas e tréplicas.

 

Foi também a Gazeta quem criou o formato mesa redonda de programas esportivos. Criado em 1985, o programa Mesa Redonda ainda continua no ar.

 

Nos anos 80, ela fez uma parceria com o grupo Abril que permitia a transmissão da TV Abril no horário noturno da emissora. Nos anos 90, foi a vez da parceria com a CNT, do Paraná.

 

A TV Gazeta foi pioneira na transmissão da Corrida de São Silvestre. Detalhe: a corrida foi criada pelo próprio Cásper Líbero, inspirado numa corrida noturna que viu em Paris.

 

Amaury Jr. estreou seu programa Flash na TV Gazeta, em 1982. De início, o Flash era apenas uma cobertura de 5 minutos das festas paulistanas.

 

Outro artista popular que fez sua estreia na TV através da Gazeta foi Fausto Silva, mais conhecido como Faustão, em 1984. O convite partiu de Goulart de Andrade, que comprou o horário na Gazeta para a exibição do programa Perdidos na Noite.

 

O programa Mulheres surgiu como Mulheres em Desfile, em 1980. Ele entrou no ar para substituir Clarice Falcão em Desfile, um programa dirigido ao público feminino que foi apresentado por Clarice Falcão durante 10 anos.

 

Carlos Massa, o Ratinho, se tornou conhecido do público paulista ao apresentar o programa 190 Urgente, numa parceria da Gazeta com a CNT. O 190 Urgente entrou no ar em 1996.

 

Entre os famosos que trabalharam/trabalham na TV Gazeta estão: Serginho Groissman, Claudete Troiano, Marcelo Tas, Heródoto Barbeiro, Joelmir Beting, Clodovil Hernandes, Galvão Bueno, Fausto Silva, Ione Borges, Palmirinha Onofre, Leão Lobo, Mariana Godoy, Márcia Goldschmidt, Luciano Huck, Ratinho, Amaury Jr. e Tiago Leifert, entre outros.

 

Uma última curiosidade: Cásper Líbero faleceu num acidente de avião no Rio de Janeiro. No mesmo voo, morreu Dom José Gaspar, arcebispo de São Paulo, que atualmente dá nome a uma das mais conhecidas praças do Centro da capital paulista.

 

Fontes: Wikipédia, Fundação Cásper Líbero, TV Gazeta.

Share: