A Jovem Guarda foi um movimento comportamental e musical dos anos 60 surgido a partir do programa Jovem Guarda, exibido nas tardes de domingo pela TV Record de São Paulo. Ajudou a projetar as carreiras de Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Wanderléa e outros músicos. Veja nas linhas a seguir algumas curiosidades muito interessantes sobre a inesquecível Jovem Guarda.

 

A expressão Jovem Guarda começou a ser usada em 1965 com a estreia do programa na TV Record. A origem do termo ainda é nebuloso, mas acredita-se que tenha sido tirado de um discurso do líder soviético Lênin, onde ele afirmou “O futuro pertence à jovem guarda porque a velha está ultrapassada”.

 

As maiores influências dos músicos da Jovem Guarda foram o rock norte-americano dos anos 50 e 60, o rock brasileiro do início dos anos 60 (Celly e Tony Campello, principalmente) e a febre musical dos Beatles.

 

O termo “iê-iê-iê” foi usado como denominação do rock brasileiro dos anos 1960 (entenda-se Jovem Guarda). Dizia-se que Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Wanderléa e toda a turma da Jovem Guarda fazia “iê-iê-iê”. Esse termo surgiu de músicas como She Loves You, em que os Beatles repetiam “yeah-yeah-yeah”.

 

O programa Jovem Guarda era comandado por ninguém menos que Roberto Carlos e seus amigos Erasmo Carlos e Wanderléa. A ideia de convocar Erasmo e Wanderléa para dividir a apresentação do programa partiu do próprio Roberto.

 

A lista de músicos que se apresentavam no programa era extensa: Golden Boys, The Fevers, Renato e seus Blue Caps, Jerry Adriani, Wanderley Cardoso, Martinha, Vanusa, Ronnie Von, Eduardo Araújo, Os Incríveis, Rosemary, Sérgio Reis, Silvinha, Ronnie Cord, Waldirene, Leno e Lilian, Os Vips, Nilton César e Trio Esperança, entre outros.

 

O sucesso do programa levou ao inevitável lançamento de diversos produtos com as marcas Jovem Guarda, Ternurinha, Tremendão e Calhambeque.

 

O programa era transmitido ao vivo apenas para São Paulo. As demais cidades acompanhavam a Jovem Guarda com alguns dias de atraso em tape.

 

Muito antes da Jovem Guarda, o trio Roberto Carlos, Erasmo Carlos e ninguém menos que Tim Maia formaram um grupo chamado The Sputniks. Depois da “fase Sputniks”, Roberto e seus amigos formaram o The Snakes, chamado mais tarde de Roberto Carlos & The Snakes.

 

O primeiro disco gravado por Roberto Carlos foi um 78 rpm com duas músicas no estilo bossa-nova: “Fora de Tom” e “João e Maria”, compostas por Carlos Imperial. O disco foi gravado em agosto de 1959.

 

Pouca gente sabe, mas Raul Seixas produziu artistas e compôs músicas para a Jovem Guarda, entre elas Ainda Queima a Esperança, Tudo o Que é Bom Dura Pouco e Doce, Doce Amor. Aliás, um dos maiores incentivadores do futuro Maluco Beleza no início da carreira foi o cantor Jerri Adriani.

 

Quase todos os astros da Jovem Guarda tinham apelido: Roberto Carlos era chamado de O Brasa, Erasmo Carlos era o Tremendão, Wanderléa era a Ternurinha, Wanderley Cardoso era o Bom Rapaz, Rosemary era a Fada e Martinha, o Queijinho de Minas.

 

Algumas gírias da época da Jovem Guarda:

Barra Limpa: está tudo bem

Broto: garota bonita

Broto legal: garota bacana

Cafona: feio, brega

Calhambeque: carro velho

Carango: carro

Certinha: mulher bonita

Chapa: amigo

Coroa: pessoa velha

É fogo: é difícil

É uma brasa, mora: é danada, é ótimo

Gamar: namorar, apaixonar-se

Grana: dinheiro

Mancar: desrespeitar compromissos

Mora?/Morou: Entende? Entendeu?

O tal: pessoa de destaque

Pacas; muito

Pão: homem bonito

Papo firme: conversa séria

Pra frente: moderno

Papo furado: conversa boba

Quadrado: sujeito conservador

Tremendão: rapaz bonito

Uma uva: coisa bonita

 

Roberto Carlos e Erasmo Carlos formam uma das maiores parcerias da música brasileira. Juntos, eles escreveram mais de 500 músicas, gravadas pela dupla e por diversos músicos da MPB.

 

A popularidade de Roberto Carlos e seus principais amigos rompeu as fronteiras da música e da TV e chegou aos cinemas. Entre 1968 e 1971, Roberto gravou três filmes de grande popularidade (produções que, aliás, foram repetidas inúmeras vezes na Sessão da Tarde dos anos 70): Roberto Carlos e o Diamante Cor-de-rosa, Roberto Carlos em Ritmo de Aventura e Roberto Carlos a 300 Quilômetros por Hora.

 

O nome verdadeiro de Erasmo Carlos é Erasmo Esteves. Wanderléa se chama Wanderléa Charlup Boere Salim. Já o nome de Roberto Carlos é… Roberto Carlos Braga.

 

Você sabia que Wanderléa e Roberto Carlos foram namorados antes da época da Jovem Guarda?

 

Roberto Carlos foi o primeiro não-italiano a vencer o Festival de São Remo, em 1968.

 

O título de “Rei” foi dado a Roberto Carlos pelo apresentador de TV Chacrinha. A coroação ocorreu em 1966, durante um programa de Chacrinha.

 

Acredite se quiser, mas a banda Renato e Seus Blue Caps (da qual Erasmo Carlos participou) continua na ativa.

 

A música Jovens Tardes de Domingo é uma homenagem a Jovem Guarda. Em 1985, ela foi cantada por diversos astros da Jovem Guarda no especial encabeçado por Roberto Carlos.

 

Share: