Você sabia que o Acre é um dos estados brasileiros com menor número de municípios? Sabia que é também um dos menos populosos? Percorra os tópicos e linhas a seguir e descubra outras curiosidades sobre o Acre e sua capital, a cidade de Rio Branco.

 

Existem ainda algumas controvérsias a respeito, mas acredita-se que a palavra Acre tenha origem tupi e significa “Rio Verde”.

 

Quem nasce no estado do Acre é chamado de acriano ou acreano.

 

O Acre é ao lado de Amapá e Roraima um dos estados brasileiros com menor número de municípios. Enquanto Minas Gerais, o estado brasileiro com mais municípios, possui 853, o Acre possui apenas 22.

 

Com pouco mais de 800 mil habitantes – menos gente que as cidades paulistas de Campinas, Guarulhos e São Bernardo do Campo – o Acre é o terceiro estado menos populoso do país.

 

As cidades mais populosas do estado são Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Feijó, Sena Madureira e Tarauáca.

 

Rio Branco é de longe, a cidade mais populosa do estado, com estimativa de 370 mil habitantes em 2015. A segunda cidade com maior número de habitantes é Cruzeiro do Sul, com 81 mil residentes.

 

O ponto mais ao ocidente do Brasil são a nascente do rio Moa, no Acre. O município mais ao oeste é Mâncio Lima, no mesmo estado. Aliás…

 

A região do rio Moa é o ultimo lugar do Brasil a ver o pôr-do-sol. Lá, o fuso horário é de duas horas a menos do que Brasília.

 

Capital mais ao oeste do Brasil, Rio Branco recebeu esse nome em homenagem a José Maria da Silva Paranhos Jr., mais conhecido como Barão do Rio Branco.

 

Político, diplomata e geógrafo, o Barão do Rio Branco teve papel importante na Questão do Acre, que culminou na anexação pelo Brasil da região que compreende o atual estado do Acre.

 

O Acre foi anexado pelo Brasil em 1903, mas só adquiriu status de estado em 1962.

 

O Acre é um dos estados brasileiros que mais produzem e exportam borracha/látex. É também o maior produtor nacional de castanha-do-Pará.

 

Fontes: Wikipédia, Guia dos Curiosos, G1, R7.

 

Share: