O deserto é uma região de clima árido, com pouquíssima ocorrência de chuvas. Recebe menos de 100 milímetros de chuvas por ano nas zonas hiperáridas, menos de 250 milímetros nas áridas e entre 250 e 500 milímetros nas semi-áridas.

 

Os desertos costumam apresentar diferenças acentuadas de temperatura entre o dia e a noite. No deserto do Saara, só para citar um exemplo, pode fazer 40º Celsius durante o dia e 0º Celsius à noite.

 

Cerca de 20% da superfície da Terra é coberta por desertos.

 

O maior deserto do mundo é o deserto do Saara, cuja área é de 9.200.000 quilômetros quadrados, tamanho equiparado ao da Europa.

 

O clima do Saara nem sempre foi desértico. Cientistas tem provas de que ele já abrigou uma densa floresta tropical e que o rio Nilo corria em direção ao oceano Atlântico.

 

As tempestades de areia do Saara atingem grande parte do oceano Atlântico e carregam grãos de poeira até os confins da floresta amazônica. Acredite se quiser, mas a areia do deserto ajuda a fertilizar o solo da Amazônia.

 

Apenas 20% da superfícies dos desertos são constituídas de dunas.

 

Com 2.330.000 quilômetros quadrados, o deserto da Arábia é o segundo maior deserto do planeta. Ocupa a península arábica e partes da Palestina, Síria e Iraque.

 

Situado entre China e Mongólia e com 1.166.000 quilômetros quadrados, o deserto de Gobi é o terceiro maior deserto do mundo e o principal responsável pelas tempestades de areia que, volta e meia, atingem a cidade de Pequim. Um detalhe: Gobi significa deserto, em mongol.

 

O deserto de Kalahari, no sul da África, cobre partes da África do Sul, Namíbia e, principalmente, Botswana. O seu nome deriva da palavra Kgalagadi, que significa “a grande sede”

 

Situado na América do Norte, o deserto da Califórnia recebe dois nomes, dependendo da sua altitude: deserto de Mojave na parte mais alta e deserto de Sonora na mais baixa. O famoso Vale da Morte é uma grande depressão do deserto de Mojave.

 

O maior deserto do continente americano é o deserto da Patagônia, localizado no sul da Argentina.

 

O deserto mais árido do mundo fica no Chile. Alguns estudiosos afirmam que uma área do deserto de Atacama passou incríveis 571 anos sem ver uma gota de chuva. Outro detalhe sobre o Atacama: as temperaturas variam bastante, passando dos 40º Celsius durante o dia e 0º Celsius à noite.

 

Localizado na Ásia, o deserto de Thar cobre uma vasta área do Paquistão e, principalmente, da Índia. É neste deserto que são encontrados os últimos leões selvagens da Ásia.

 

Os oásis surgem por afloramentos líquido em fendas ou alterações no relevo, que liberam a água estocada em lençóis freáticos localizados a cerca de 100 metros abaixo da terra. Por surgirem de fendas, os oásis podem aparecer alinhados, com distâncias de 2 a 3 quilômetros entre eles. Os oásis são normalmente cercados de vegetação.

 

A miragem é um fenômeno ótico extremamente comum em dias muito ensolarados. Ela ocorre em rodovias e, principalmente, desertos. Os objetos tem suas imagens refletida na camada de ar mais quente que se forma sobre a areia, como se ela fosse a superfície de um lago. O termo miragem tem origem na expressão francesa “se mirer” que significa mirar-se, ver-se no espelho.

 

Uma última curiosidade: é difícil de acreditar, mas um dos lugares mais secos do planeta é a Antártida.

 

Share: