A República Dominicana fica na metade leste da ilha caribenha de São Domingos, ou Hispaniola. A metade oeste compreende o Haiti. Sua capital é a cidade de Santo Domingo. Descubra algumas curiosidades sobre esse país e sua capital através dos tópicos a seguir.

 

Com 76 mil quilômetros quadrados, a Ilha de São Domingos é a segunda maior ilha da região do Caribe. A maior é Cuba.

 

O país recebeu esse nome em homenagem a São Domingos de Gusmão, o santo católico espanhol que fundou a Ordem Dominicana. A capital foi batizada de Santo Domingo também em sua homenagem.

 

A República Dominicana foi durante a maior parte da sua história chamada de Santo Domingo. Só passou a ser chamada com o nome que nós conhecemos hoje a partir do século XVIII.

 

O primeiro europeu a chegar à Ilha de Hispaniola foi o genovês Cristóvão Colombo durante a sua primeira viagem à América. Aliás, foi lá que deu-se a descoberta do continente.

 

A República Dominica foi dominada pelos espanhóis durante séculos, sendo em seguida invadida pelo Haiti. Voltou ao domínio espanhol e só se tornou uma nação independente em 1865.

 

A República Dominica possuía em 2015 uma população equivalente à da cidade brasileira de São Paulo: 11 milhões de habitantes.

 

A população da República Dominicana é constituída majoritariamente por descendentes de africanos.

 

As cidades mais populosas são Santo Domingo, Santiago de los Caballeros, Santo Domingo Norte, Santo Domingo Este e San Felipe de Puerta Plata.

 

Mais de 1/3 da população dominicana vive na região metropolitana de Santo Domingo.

 

Construída em 1496 pelos recém-chegados espanhóis, Santo Domingo é uma das cidades mais antigas da América. É também a primeira capital do continente.

 

Uma das atrações de Santo Domingo é uma tumba com os supostos restos de Cristóvão Colombo. Mas a melhor atração é mesmo a arquitetura colonial da cidade, considerada Patrimônio Histórico da Humanidade pela UNESCO.

 

A primeira universidade do continente americano foi fundada em Santo Domingo, em 1538.

 

A maioria dos dominicanos é católica romana. As santas padroeiras do país são Nossa Senhora das Mercês e Nossa Senhora de Altagracia (conhecida como Virgem de La Altagracia).

 

A religiosidade dos dominicanos pode ser observada no próprio brasão do país, que possui uma Bíblia, uma cruz e uma fita com o lema nacional: “Deus, Pátria, Liberdade”.

 

Uma das maiores atrações turísticas desse pequeno país é a praia de Punta Cana, no distrito de La Altagracia. A quantidade de turistas estrangeiros transformou o Aeroporto Internacional de Punta Cana no mais movimentado do país.

 

O esporte mais popular é o baseball. É comum encontrarmos adultos e, principalmente, crianças praticando esse tipo de esporte nos mais variados lugares.

 

O golfe é um dos esportes mais praticados, tanto pela população (embora esteja longe de alcançar a popularidade do baseball) como pelos turistas. Alguns dos melhores campos de golfe do Caribe estão na República Dominicana.

 

A cidade de Santo Domingo sediou os Jogos Pan-Americanos de 2003.

 

A culinária dominicana é em muitos aspectos parecida com a brasileira. No dia a dia, a população consome arroz acompanhado de feijão, salada e carne. A maior diferença está na quantidade de coentro (muito coentro, por sinal).

 

O ritmo musical mais popular é o merengue

 

Fontes: Wikipédia, Brasil Escola, Terra, UOL.

Share: