Leonardo da Vinci era filho ilegítimo de uma camponesa chamada Caterina e um tabelião de nome Piero. Como não tinha sobrenome paterno, Leonardo acabou adotando o Vinci – referência a localidade de Vinci, onde nasceu. Essa é apenas uma das curiosidades sobre Leonardo, que é considerado o maior gênio que a humanidade conheceu. Veja nas linhas abaixo mais algumas curiosidades e fatos pitorescos sobre o gênio que pintou Monalisa.

 

Com 16 anos de idade, Leonardo ingressou no ateliê de Andrea Verrocchio, onde se tornou aprendiz de pintor e escultor. Dizem que, surpreendido pelo gênio de Da Vinci, Verrocchio prometeu que nunca mais voltaria a pintar – promessa que, felizmente, não foi cumprida.

 

Aos 20 anos, afiliou-se a Corporação dos Pintores de Florença, onde recebeu encomendas e conheceu algumas das mais importantes personalidades de seu tempo. Mais tarde, mudou-se para Milão, onde passou a trabalhar para o duque Ludovico Sforza.

 

O afresco A Última Ceia – que mostra Jesus reunido com seus apóstolos e encontra-se no convento de Santa Maria delle Grazie, em Milão. Como Leonardo usou uma técnica diferente da comumente usada em afrescos, a pintura começou a descascar pouquíssimo tempo depois de pintada.

 

Enquanto alguns especialistas afirmam que A Última Ceia ficou pronta em três anos, outros apostam em quatro. Mas o fato é que ela recebeu inúmeros retoques ao longo dos 20 anos seguintes.

 

Da Vinci conheceu diversos intelectuais e artistas, entre os quais Rafael e Michelangelo. Consta que ele e Michelangelo não se bicavam.

 

Além de Florença e Milão, Leonardo ainda moraria em Veneza e Roma, mas acabou falecendo na França.

 

Não existem provas conclusivas, mas alguns indícios apontam que Leonardo da Vinci era gay. Um desses indícios é um processo que o acusava de, juntamente com outros três homens, manter relações homo-afetivas com um rapaz de 17 anos que posava como modelo num dos ateliês em que trabalhou.

 

Da Vinci deixou mais de 13 mil anotações, sobre assuntos como anatomia, mecânica, arte, engenharia, botânica e urbanismo. Infelizmente, apenas 6 mil sobreviveram até os dias atuais.

 

Da Vinci não era apenas um bom pintor, era um excelente inventor. Entre seus projetos, consta modelos de máquinas parecidas com helicópteros, bicicletas, canhões e até automóveis.

 

Ainda hoje, há quem acredite que Mona Lisa não é o retrato Lisa Gherardini (a “monna” Lisa), mas um auto-retrato com feições femininas.

 

Você já reparou que Monalisa não possui sobrancelhas? Todos reparam no sorriso de La Gioconda, mas ninguém repara nas sobrancelhas.

 

Muitos simbolistas acreditam na existência de mensagens ocultas em suas obras, tese explorada à exaustão pelo escritor Dan Brown em seu livro O Código Da Vinci.

Share: