A morte de Stan Lee pegou os fãs de quadrinhos de surpresa. Ninguém esperava que ele fosse desaparecer tão repentinamente, apesar dos seus 95 anos. De qualquer forma, Stan Lee deixou uma legião de admiradores dispostos a preservar sua memória. Percorra as linhas a seguir e descubra algumas curiosidades sobre ele, talvez o maior herói dos quadrinhos de todos os tempos.

 

O escritor, roteirista, quadrinista, produtor e empresário norte-americano Stan Lee nasceu em Nova York, em 22 de dezembro de 1922, e faleceu em Los Angeles, em 12 de novembro de 2018.

 

Filho de imigrantes judeus da Romênia, Stan Lee nasceu como Stanley Martin Lieber.

 

Antes de trabalhar como quadrinhos, Stan Lee fez bico escrevendo obituários em jornais, lanterninha de teatro da Broadway, office-boy de uma indústria e entregador de sanduíches no Rockfeller Center.

 

Aos 17 anos, começou a trabalhar na Timely Comics, empresa que daria origem à Marvel Comics. Detalhe: sua primeira função foi de office-boy.

 

Seu primeiro trabalho nos quadrinhos foi um conto do Capitão América ilustrado por ninguém menos que Jack Kirby e publicado em 1941. Foi nessa ocasião que começou a utilizar o pseudônimo Stan Lee.

 

Na época em que serviu no Exército dos Estados Unidos, Lee desempenhou funções que tinha, obviamente, tudo a ver com ele: escrever manuais, roteirizar filmes de treinamento, criar slogans e, de vez em quando, fazer cartoons. Para não dizer que ficou só nisso, também consertou postes telegráficos.

 

Lee se casou em 5 de dezembro de 1947 com Joan Boocock, com quem teve duas filhas: Joan Celia e Jan Lee. Esta última morreu três dias após o parto, em 1953.

 

Um dos eventos mais curiosos da história da Marvel, assim como da biografia de Stan Lee, foi a encenação do casamento do Homem-Aranha com Mary Jane no Shea Stadium, em 1987. Centenas de fãs compareceram caracterizados como os noivos. Houve também a presença do Surfista Prateado, Capitão América, Hulk e outros heróis. E adivinha quem conduziu a cerimônia?

 

Entre os escritores favoritos de Stan Lee, vale lembrar de Stephen King, H. G. Wells, Arthur Conan Doyle, Charles Dickens e William Shakespeare.

 

Em 2008, Stan Lee foi agraciado pelo então presidente George W. Bush com a Medalha Nacional Americana das Artes.

 

Stan Lee criou diversos personagens, entre os quais Homem-Aranha, Hulk, Doutor Estranho, Homem-de-Ferro, Demolidor, Thor, X-Men e Quarteto Fantástico. Detalhe: essas criações foram realizadas em parceria com Jack Kirby ou Steve Ditko.

 

Você sabia que Stan roteirizou uma graphic novel baseada em Romeu e Julieta, de William Shakespeare? Nela, as famílias dos personagens são super-humanos que, após destruir todos os inimigos em comum, voltam-se uns contra os outros.

 

Quando perguntaram qual vilão ele gostaria de ser, Stan respondeu Dr. Destino.

 

Stan Lee fez ponta em vários filmes dos heróis Marvel. Em Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado ele é barrado na cerimônia de casamento de Susan Storm e Reed Richards. Foram mais de 25 aparições em filmes.

 

As aparições de Stan nos filmes da Marvel não ocorrem exatamente por livre e espontânea vontade, mas porque faz parte do contrato dele com a empresa. Digamos que Stan “é obrigado” a aparecer nesses filmes.

 

O slogan de Stan Lee é “Excelsior!”, cujo significado é “Sempre para Cima”. Por sinal, “Excelsior” é também o lema do estado de Nova York.

 

Fontes: Wikipédia, CNN, Useless Daily, G1, UOL.

 

Share: