Criador da banda de rock The Doors, Jim Morrison é considerado um dos maiores mitos da música norte-americana do século XX. Faleceu jovem, aos 27 anos, mas deixou um legado riquíssimo tanto pelo lado musical quanto pelo literário. Leia os tópicos a seguir e descubra algumas curiosidades sobre a sua curta carreira.

 

O nome verdadeiro do músico Jim Morrison era James Douglas Morrison.

 

James Douglas nasceu na cidade de Melbourne, estado norte-americano da Flórida, em 8 de dezembro de 1943, e faleceu em Paris, na França, em 3 de julho de 1971.

 

Jim nasceu na Flórida, mas concluiu o ensino médio em Washington DC. Mais tarde, fez um curso de cinema na Califórnia. Detalhe: ele vivia mudando de endereço em virtude da profissão do pai, que era militar.

 

Jim era conhecido como um leitor voraz. Ainda na adolescência, só para você ter ideia, já tinha lido Jack Kerouac, Arthur Rimbaud, Charles Baudelaire, Moliére, Allen Ginsberg e Franz Kafka, entre outros.

 

Jim publicou dois livros de poesias: The Lords e The New Creatures. Ambos foram compilados mais tarde num único livro, batizado de The Lords and The New Creatures.

 

A ideia de criar uma banda de rock surgiu quando Jim reencontrou o amigo Ray Manzarek e leu alguns poemas de sua autoria para ele. Ray ficou tão entusiasmado que, em conluio com Jim, resolveu levar a ideia da banda adiante.

 

The Doors, o nome da recém-criada banda, foi inspirado no livro As Portas da Percepção, de Aldous Huxley. Nele, o escritor britânico relata as suas experiências alucinógenas com uma droga chamada mescalina. Mas…

 

Dizem que o nome do livro (The Doors os Perception, em inglês) foi inspirado num poema de William Blake, onde ele diz o seguinte: “Se as portas da percepção estivessem limpas, tudo apareceria para o homem tal como é: infinito”.

 

O último show do The Doors ocorreu em 12 de dezembro de 1970, em Nova Orleans, estado norte-americano da Louisiana. Detalhe: Morrison aproveitou o show para anunciar sua saída da banda e do mundo da música.

 

Ainda existe um grande enigma sobre a causa da morte de Jim Morrison, que foi encontrado morto na banheiro de sua casa em Paris. A polícia tomou a causa como parada cardíaca, mas tudo leva a crer que tenha sido por overdose.

 

Existem inúmeras teorias da conspiração sobre a morte de Jim. Uma delas alega que ele teria sido assassinado pelo FBI. Existe outra que diz que Jim teria simulado a própria morte para viver no anonimato num mosteiro na Europa.

 

Em sua lápide está escrita a seguinte frase em grego: “Kawa ton aaiomona Eaytoy”, que significa “queime seu demônio interior”.

 

Pamela Courson, a companheira de Morrison, morreu três anos depois de overdose de cocaína, aos 28 anos de idade.

 

Jim Morrison morreu com a mesma idade de dois outros grandes ídolos da música de sua época, Jimi Hendrix e Janis Joplin: 27 anos.

 

O túmulo de Jim Morrison é o mais visitado do cemitério Père Lachaise, em Paris. Os fãs costumam deixar oferendas que vão de flores a bebidas alcoólicas. O Père Lachaise é famoso por abrigar as sepulturas de personalidades das artes como Frederic Chopin, Molière, Yves Montand, Edith Piaf, Oscar Wilde, Marcel Camus, Georges Bizet e muitas, muitas outras.

 

A vida de Jim Morrison e a trajetória da banda The Doors foi contada num filme dirigido por Oliver Stone (Platoon e Nascido em 4 de Julho) e lançado em 1990. Jim foi interpretado pelo ator Val Kilmer.

 

Fontes: Wikipédia, History Channel, Click RBS.

 

Share: