Você sabia que a bomba atômica jogada na cidade japonesa de Hiroshima matou milhares de pessoas instantaneamente? Sabia que a chuva ácida que caiu depois, contaminou rios e lagos? E que Hiroshima ainda foi atingida por uma tsunami? Conheça alguns fatos ocultos e inusitados sobre a bomba nas linhas abaixo.

 

O ataque nuclear contra a cidade japonesa de Hiroshima ocorreu às 8h15 do dia 6 de agosto de 1945. Foi o primeiro de dois ataques com bombas atômicas sofridos pelo Japão durante a Segunda Guerra Mundial.

 

Hiroshima foi escolhida como alvo por sediar um grande contingente do exército japonês, além de possuir depósitos de suprimentos militares.

 

A bomba foi lançada do bombardeio norte-americano Enola Gay, que recebeu esse nome em homenagem à mãe do piloto, Enola Gay Tibbets.

 

Chamada de Little Boy (algo como “menininho”, em português), a bomba possuía cerca de 70 centímetros de largura e pesava 4,4 toneladas.

 

Ela foi detonada a 600 metros do chão, explodindo a incríveis 1 milhão de graus Celsius (calor similar à temperatura do sol).

 

A potência da bomba era equivalente a 12,5 toneladas de dinamite.

 

A explosão matou 70 mil pessoas instantaneamente, sendo que muitos corpos jamais foram encontrados. Algumas vítimas simplesmente evaporaram com o calor.

 

Com o tempo, as queimaduras provocadas pelo calor e a radiação elevaram o número de mortos para 140 mil.

 

Acredite se quiser, mas sobreviveram em torno de 260 mil pessoas. Esses sobreviventes são chamados em japonês de hibakushas.

 

A bomba destruiu praticamente tudo num raio de 3 quilômetros.

 

O deslocamento de ar provocado pela explosão esmagou construções de madeira e estilhaçou milhares de janelas. Pessoas chegaram a ficar cegas por terem sido atingidas nos olhos pelos estilhaços. Por falta de assistência médica na cidade após a explosão, muitas permaneceram durante anos com pedaços de vidro no corpo.

 

Uma das poucas construções que ficaram parcialmente em pé foi o Hiroshima Dome (imagem acima), também conhecido entre os japoneses como Genbaku Domu (Prédio da Bomba Atômica). Em torno desse local foi construído o Parque da Paz de Hiroshima.

 

A poeira e a fuligem espalhados no céu começaram a cair como chuva cerca de 20 minutos depois da explosão. A chuva negra se espalhou num raio de quilômetros, contaminando poços e tanques. Peixes chegaram a morrer com a contaminação da água.

 

Acredite se quiser, mas uma tsunami atingiu a região de Hiroshima um mês após a detonação da bomba atômica, matando mais 2 mil pessoas.

 

Apesar de ter sido atacado por duas bombas atômicas e sofrer diversos bombardeios intensos, o Japão não foi o país com maior número de mortos durante a Segunda Guerra Mundial. O país com mais baixas foi a União Soviética, que teve 24 milhões de mortos. O segundo país com mais vítimas fatais foi a China, com 20 milhões.

 

Fontes: Wikipédia, Vix, Mega Curioso, Superintenressante, Japão em Foco.

Share: