Localizada no centro da África, a República Democrática do Congo é em grande parte coberta por uma imensa floresta tropical. Temos que lembrar que ela foi cenário de uma guerra que matou em torno de 6 milhões de pessoas. Descubra curiosidades e fatos importantes sobre esse país nas linhas a seguir.

 

A República Democrática do Congo é um país jovem, cuja independência foi conquistada no início dos anos 1960.

 

O nome República Democrática do Congo foi adotado para que o país pudesse se diferenciar da vizinha República do Congo. Talvez por isso, ele é muitas vezes chamado de Congo-Kinshasa.

 

O país foi oficialmente chamado de Zaire até o final dos anos 90.

 

Com 65 milhões de habitantes, a República Democrática do Congo é o quarto país mais populoso do continente africano.

 

A capital e cidade mais populosa da RDC é Kinshasa. Detalhe: com 7 milhões de habitantes, ela é também a terceira maior cidade da África.

 

As cidades mais populosas depois de Kinshasa são, pela ordem: Lubumbashi, Mbuji-Mayi e Kisangani.

 

A população é bastante heterogênea, formada por mais de 250 grupos étnicos. Os grupos predominantes são os lubas, congos, mongos e ruandas.

 

Existem mais de 600 mil pigmeus na população da RDC.

 

Existem mais de 700 línguas e dialetos em todo o país. As línguas predominantes pertencem aos dialetos bantos (kikongo, lingala, tshiluba e swahili). Mas…

 

Uma vez que o francês é a língua oficial, a República Democrática do Congo é o maior país francófono do mundo.

 

Quase todo o centro e norte do país é tomado pela Floresta do Congo, a segunda maior floresta equatorial do planeta. Ela também abrange territórios de países como Ruanda, República do Congo, Gabão, Guiné Equatorial e outros.

 

Entre os principais atrativos das florestas da RDC estão os grandes primatas – diga-se gorilas, chimpanzés e bonobos. Existem cerca de cinco gorilas por quilômetro quadrado, a maior concentração do mundo.

 

O país é atravessado pelo rio Congo, que abastece a maior parte da população. O Congo é o sétimo maior rio do mundo e o segundo da África.

 

O clima é quente e extremamente úmido, com chuvas durante o ano inteiro (parecido com o clima da Região Norte brasileira).

 

A economia da RDC depende principalmente da mineração, com o detalhe de que grande parte do minério é extraído ilegalmente e não entre nos cálculos do PIB.

 

O país viveu 20 anos de guerra civil, com a participação de países vizinhos. Foi um dos mais longos conflitos no continente africano e também a mais sangrenta guerra depois da Segunda Guerra Mundial. Ao todo, morreram 6 milhões de pessoas.

 

A expectativa de vida é bastante baixa: 46 anos. Mais de 75% da população é subnutrida.

 

A manifestação cultural mais comum no país são as estátuas esculpidas em madeira.

 

A população é majoritariamente cristã (95%), sendo a maioria católica romana.

 

A moeda local é o franco congolês.

 

Fontes: Wikipédia, Superinteressante, Brasil Escola, Sua Pesquisa.

 

Share: