Cabo Verde é um pequeno país localizado no Oceano Atlântico. Foi descoberto pelos portugueses que o utilizaram como rota no comércio de especiarias e de escravos. É um lugar onde a população fala a língua portuguesa. Descubra curiosidades a respeito nos tópicos a seguir.

 

Cabo Verde é um país formado por dez ilhas de origem vulcânica no Oceano Atlântico, a uma distância de 570 quilômetros do continente africano.

 

As maiores ilhas do arquipélago de Cabo Verde são Santo Antão e São Tiago, onde fica a capital do país: Praia. Com 131 mil habitantes, a Praia é a maior cidade do país.

 

Cabo Verde é um país jovem, ou seja, só conquistou sua independência em 1975.

 

Por ter sido durante séculos colonizado por Portugal, a língua oficial é o português. O território cabo-verdiano foi durante muito tempo rota de navegação entre a Europa e a Ásia.

 

Apesar da língua oficial ser o português, a maioria da população fala o crioulo cabo-verdiano.

 

Existem mais cabo-verdianos vivendo no exterior do que no próprio país. Isso ocorre porque milhares de cidadãos imigraram depois da independência, principalmente para países como Portugal, Estados Unidos, França e Brasil.

 

Os cabo-verdianos são em sua maioria cristãos (cerca de 90%), principalmente católicos romanos.

 

Com 530 mil habitantes em 2015, Cabo Verde possui uma população um pouco maior do que o bairro paulistano do Grajaú.

 

O ponto mais elevado do país é o Pico do Fogo, com 2.829 metros de altitude. Uma observação: o Pico do Fogo é o único vulcão ativo num arquipélago de formação vulcânica.

 

Cabo Verde é apontado como uma das principais vítimas do aquecimento global. Apesar de cercado de água, o país possui um clima árido e semiárido. Dificilmente chove por lá.

 

Apesar de pequeno e pouco habitado, Cabo Verde possui uma cultura riquíssima. O carnaval sempre foi respeitado por lá. Entre os ritmos musicais, destacam-se o funaná, a morna, a coladeira e o batuque.

 

Um dos pratos típicos do país é a catchupa, um cozido preparado com diferentes tipos de carne com feijão e milho. Além de servida nas principais refeições, ela é consumida no café da manhã, muitas vezes acompanhada de ovos e linguiça.

 

Mais de 80% dos produtos consumidos em Cabo Verde são importados. O país depende muito de ajuda externa e a população, do dinheiro enviado por parentes residentes no exterior.

 

Seja no religioso ou no civil, o casamento formal é quase inexistente em Cabo Verde. Os casais simplesmente passam a viver juntos, sem preocupações com qualquer cerimônia.

 

Curiosamente, o Cabo Verde que dá nome ao país não fica no arquipélago, mas a centenas de quilômetros dali, no Senegal.

 

Fontes: Wikipédia, Mega Curioso, InfoEscola.

Share: