Liderados por Adolf Hitler, os nazistas pretendiam anexar a Polônia e a Áustria, bem como regiões de países como França e Tchecoslováquia para construir o que imaginavam ser a grande Alemanha.

 

Apesar do que costumamos ver nos seriados e filmes sobre a Segunda Guerra, o exército alemão (Wehrmacht) não usava a saudação nazista. Ele só passou a usá-la depois de julho de 1944, quando Hitler sofreu um atentado.

 

O Dia D é também conhecido como Operação Overlord, seu nome de código.

 

A Operação Overlord envolveu 3 milhões de soldados, 5.339 embarcações, 15 mil tanques e 11 mil aviões. Foi uma das mais espetaculares ações militares da história.

 

A invasão da Normadia durante o famoso Dia D matou 37 mil soldados aliados e mais de 200 mil nazistas.

 

Havia três cães entre os milhares de paraquedistas que saltaram sobre a Normandia durante o Dia D. Além de aprender a saltar, eles receberam treinamento para executar serviços de vigilância, localizar minas e explosivos e ajudar no resgate de soldados feridos. Os “cães soldados” chamavam-se Bing, Ranee e Monty.

 

Diante do avanço soviético pelo Leste e Aliado (Estados Unidos, França e Reino Unido) através do Oeste, Hitler e sua amante Eva Braun acabaram se escondendo num bunker. Com a derrota alemã, ambos se suicidaram e tiveram os corpos incinerados.

 

O soldado britânico Horace Joseph Grisley realizou uma façanha digna de nota: escapar 200 vezes dos campos de concentração em que esteve. E o mais incrível é que ele não só escapou como retornou espontaneamente todas as vezes. O motivo de suas “escapadas rápidas” tinha nome e trabalhava fazendo tradução: Rosa Rauchbach. O que o amor não é capaz de fazer?!

 

A Alemanha tentou criar super-soldados. Eles eram estimulados com drogas que agem sobre o sistema nervoso central, como as metanfetaminas. Calcula-se que entre entre os anos de 1939 e 1945 tenham distribuído 200 milhões de pílulas de Pervitin, um estimulante à base de metanfetaminas que deixava os soldados alertas e auto-confiantes.

 

Nem todos sabem, mas Hitler teve um sobrinho que combateu ao lado dos Aliados contra as tropas nazistas.

 

O Partido Nazista teve milhares de admiradores espalhados por 17 estados brasileiros. O maior grupo estava em São Paulo, seguido pelo de Santa Catarina e Rio de Janeiro.

 

O governo de Getúlio Vargas proibiu que brasileiros fossem batizados com nomes alemães. Podiam manter o sobrenome de origem, não o nome. Daí que Gerard passou a se chamar Geraldo.

 

A Segunda Guerra Mundial deixou um saldo de 60 milhões de mortos, sendo 6 milhões de judeus (a maioria morreu nos campos de concentração nazistas).

 

A batalha mais sangrenta da história da humanidade ocorreu durante a Segunda Guerra Mundial. Conhecida dos especialistas como Batalha de Stalingrado, ela durou meses. Deixou um saldo de 2 milhões de mortos, inclusive civis. Destes, cerca de 1,1 milhão eram mulheres e homens soviéticos.

 

Os países com maior quantidade de mortos foram a União Soviética, com 24 milhões, e a China, com 20 milhões. Com a invasão japonesa, os chineses sofreram todo tipo de humilhação. Foram, inclusive, vítimas de armas biológicas.

 

Mais de 2 milhões de indianos morreram durante a Guerra, a maioria civis. A principal causa dessas mortes foi a fome.

 

O Japão perdeu cinco vezes mais soldados do que os Estados Unidos. O detalhe é que mais de 80% dos mortos japoneses durante toda a Guerra eram militares.

 

As bombas atômicas lançadas sobre as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki mataram por volta de 200 mil pessoas.

 

Assim como os alemães, os japoneses também tinham campos de concentração. Boa parte dos prisioneiros eram civis de “nações inimigas” que viviam em regiões invadidas pelo Japão. Dos norte-americanos que viviam na Ásia, 992 morreram nesses campos de concentração.

 

Com o racionamento do chocolate na Europa durante a Segunda Guerra Mundial (na verdade, faltavam muitos produtos), um confeiteiro italiano teve a ideia de misturar o produto com avelã. Na consistência de uma pasta, ela foi durante um tempo chamada de Supercrema Gianduja. Em 1964, essa gostosura inventada nesses tempos difíceis foi batizada com o nome de Nutella.

 

Como a palavra hambúrguer era de origem alemã (e que lembra a cidade de Hamburgo), os norte-americanos passaram durante aquele período de guerra a chamar o famoso alimento de “liberty steak”.

 

Fontes: Wikipédia, Aventuras na História, Guia dos Curiosos, Superinteressante, Mega Curioso.

 

Share: