Localizado no Golfo Pérsico, o Catar é um dos menores países do mundo, mas também um dos mais ricos. Primeiro país da região a sediar uma Copa do Mundo FIFA, ele possui cidades modernas e cosmopolitas como Doha. Veja nas linhas abaixo algumas curiosidades surpreendentes a seu respeito.

 

O Catar ou Qatar é um país do Oriente Médio às margens do Golfo Pérsico e que faz fronteira com a Arábia Saudita (ele fica na Península Arábica).

 

O país é desde 1825 uma monarquia governada pela dinastia Casa de Thani. Acredita-se que o clã Al Thani se estenderia a até 250 mil cidadãos locais.

 

A população do país é de 2,5 milhões de pessoas, a mesma da cidade brasileira de Belo Horizonte (dados de 2018).

 

A capital e cidade mais populosa é Doha, onde vivem 1,3 milhão de pessoas (mais da metade da população do Catar).

 

Acredite se quiser, mas o Catar é o segundo país com maior proporção de imigrantes do mundo (o primeiro são os Emirados Árabes). Dos 2,5 milhões de habitantes, 1,6 milhão são estrangeiros.

 

A língua oficial do país é o árabe, com o inglês como segundo idioma dominante.

 

Com um PIB per capita de US$ 127 mil, segundo o Fundo Monetário Internacional, o Catar é considerado o país mais rico do mundo atualmente.

 

O que surpreende muitos turistas é o excesso de peso da população. O Catar é um dos país com maior porcentagem de obesos numa lista de 20

 

O islã de vertente sunita é a religião dominante (68% da população). Existe uma parcela considerável de hindus, cristãos e budistas, quase toda formada por imigrantes.

 

As leis e costumes locais são bastante severas em comparações com as brasileiras. Turistas não podem beijar na boca em público, usar biquínis na praia, fazer gestos obscenos e fotografar as mulheres locais sem autorização. Também não podem estender a mão para cumprimentar as mulheres.

 

O Catar é um dos países com maior emissão de CO2, o que o coloca entre os mais poluídos do mundo.

 

Esqueça as colinas, montanhas e cordilheiras. O Catar é praticamente um país plano, com elevação máxima de 28 metros.

 

A Al Jazeera, principal emissora de TV especializada em notícias, possui sede no Catar. Com transmissões em inglês e árabe, ela foi fundada pelo emir Hamad Al Thani, em 1996.

 

O Catar será o primeiro país árabe (e primeiro da Península Arábica) a sediar uma Copa do Mundo Fifa, em 2022. Para isso, ele vem gastando somas consideráveis. Só o estádio onde ocorrerá a partida final do evento deverá custar em torno de US$ 3 bilhões.

 

A Copa do Mundo do Catar acontecerá entre os meses de novembro e dezembro para evitar as altas temperaturas locais. Só para se ter uma ideia, no auge do verão, que ocorre no meio do ano, os termômetros podem marcar 50º Celsius.

 

Acredite se quiser, mas o Catar está construindo uma cidade inteira para a Copa do Mundo. Ela se chamará Lusail City, será totalmente inteligente e deverá abrir um dos principais estádios do evento.

 

Fontes: Wikipédia, UOL, BBC Brasil, R7, G1.

 

Share: