A palavra que dá nome ao país surgiu da fusão de Niger (uma referência ao rio Níger) e area (termo inglês que significa “área”).

 

O nome oficial do país é República Federal da Nigéria.

 

A capital da Nigéria é Abuja.

 

A cidade mais populosa e principal centro financeiro do país é Lagos, com quase 8 milhões de habitantes. Lagos é a segunda maior cidade da África, atrás somente da cidade egípcia do Cairo.

 

As maiores cidades da Nigéria são, pela ordem: Lagos, Kano, Ibadan, Kaduna e Port Harcourt.

 

A Nigéria é dividida em 36 estados e um Território da Capital Federal (o equivalente ao Distrito Federal), onde fica Abuja.

 

O principal rio da Nigéria é o Níger. Detalhe: o Níger é também o terceiro maior rio da África.

 

A Nigéria é o país mais populoso do continente africano, com 148 milhões de habitantes.

 

A Nigéria possui uma variedade étnica impressionante. São mais de 250 grupos étnicos falando mais de 500 línguas.

 

Os principais grupos étnicos da Nigéria são: hauçá, fulani, yorubá, igbo e ijaw.

 

As principais línguas faladas na Nigéria são o hauçá, o igbo, o yorubá e o edo. O idioma oficial do país, no entanto, é o inglês.

 

As principais religiões praticadas no país são o islamismo (50% de seguidores) e o cristianismo (40%). Choques entre fundamentalistas religiosos de ambos os lados tem sido comuns nos últimos anos.

 

A maior parte da população muçulmana, habita o norte e a cristã, o sul do país.

 

Os estados muçulmanos adotaram a sharia, a lei islâmica.

 

A Nigéria é um dos países com maior crescimento populacional do mundo. Acredita-se que se tornará o terceiro país mais populoso antes de 2100.

 

A economia da Nigéria depende em grande parte da exportação de petróleo. O país é integrante da OPEP.

 

Para efeito de comparação : a economia da Nigéria é do tamanho da economia do estado norte-americano do Oregon e da empresa holandesa Philips (dados de 2010). Mas…

 

A economia da Nigéria é uma das que mais crescem no mundo, com índice de 9% ao ano.

 

A homossexualidade é proibida na Nigéria. A lei prevê pena de dez anos de prisão para pessoas que mantém relações sexuais com outras do mesmo sexo. Advogados relutam em defender homossexuais e mesmo os defensores dos direitos dos gays preferem agir na clandestinidade

 

A terceira maior indústria cinematográfica do mundo é a nigeriana. Ela só fica atrás da norte-americana Hollywood e da indiana Bollywood.

 

Regiões do norte do país são frequentemente atacadas por guerrilheiros de um grupo fundamentalista religioso chamado Boko Haram. Armados até os dentes, eles atacam aldeias, matam homens e sequestram mulheres.

 

Share: