Qual a quantidade de mel uma colmeia produz por ano? É verdade que o mel não se decompõe? O que é própolis? E o que é geleia real? Percorra o texto a seguir e descubra as respostas. Veja também algumas curiosidades sobre o mel.

 

O mel é um alimento em estado líquido e viscoso produzido pelas abelhas a partir de uma substância secretada pelos vegetais chamada néctar.

 

Os primeiros registros do consumo do mel datam do ano 5.500 antes de Cristo, no antigo Egito. O sul do país era conhecido naquela época como “Terra das Abelhas”. Acredita-se, no entanto, que o consumo de forma extrativa seja ainda mais antigo.

 

O mel é citado na Bíblia, no Alcorão e nos Vedas indianos. Segundo o Antigo Testamento, os hebreus buscavam a terra prometida onde corria leite e mel após deixarem o Egito.

 

Enquanto na Europa, África e Estados Unidos o consumo de mel chega a 1 quilo por habitante, no Brasil não passa de 300 gramas.

 

A expressão lua-de-mel veio de um antigo costume irlandês da Idade Média. Era comum naquela época que os noivos bebessem um líquido composto de levedo, malte, água e mel durante um mês, o que dava uma lua completa ou uma “lua de mel”.

 

Para produzir um quilo de mel, as abelhas precisam visitar nada menos que 5 milhões de flores. Uma abelha produz algo em torno de 5 gramas de mel por ano.

 

Uma colmeia com 50 mil abelhas pode produzir em torno de 250 quilos de mel anualmente.

 

Uma única abelha realiza em torno de 40 voos diários em busca de néctar.

 

O néctar colhido pelas abelhas é guardado no sistema digestório do inseto e misturado a enzimas (invertase e glicose oxidase) que o transformam em mel. Não seria, portanto, exagero dizer que mel é vômito de abelha.

 

A premissa de que o mel não se decompõe não é verdadeira. Ele costuma fermentar com o tempo. As principais características do mel vencido são o cheiro de álcool e a presença de espuma. Mas…

 

O mel pode demorar muito para se decompor em absoluto. Tanto que foram encontrados potes de mel relativamente em bom estado em sítios arqueológicos no Egito.

 

Mas por que o mel demora para se decompor? Por dois motivos: a sua alta taxa de açúcar (em torno de 90%) e, principalmente, a baixa quantidade de água (17%).

 

Além de glicose e frutose, o mel possui vitaminas B, C, D e E. É um excelente anti-séptico e cicatrizante.

 

O mel é utilizado por diversas institutos de beleza em máscaras hidratantes. O seu uso medicinal e cosmético é chamado apiterapia.

 

A própolis é uma resina colhida das plantas e alterada pelas enzimas da saliva da abelha. É utilizada para dar rigidez à estrutura da colmeia. Pesquisas realizadas na Croácia revelaram ser ela capaz de reduzir as metástases de certos tipos de tumores.

 

Produzida por operárias jovens, a geleira real é o principal alimento da rainha. Dizem que possui excelentes propriedades anti-fadiga e estimulante do sistema imunológico.

 

O maior produtor mundial de mel é a China. O Brasil é quinto maior, embora ele seja usado em nosso país principalmente por suas propriedades terapêuticas.

 

Fontes: Wikipédia, Guia dos Curiosos, IG, Planeta.

 

Share: