Localizada no leste europeu, a Sérvia é um dos países que formavam a antiga Iugoslávia. Sua capital é a cidade de Belgrado. Percorra as linhas a seguir e descubra algumas pequenas curiosidades sobre sua história, geografia e população.

 

A Sérvia é um país do leste europeu, mais propriamente da região dos Balcãs. A cordilheira dos Balcãs é uma cadeia de montanhas que engloba países como Sérvia, Bósnia-Herzevogina, Montenegro, Macedônia e Albânia.

 

Sérvia, Croácia, Bósnia-Herzevogina, Montenegro, Eslovênia e Macedônia formavam até o início da década de 1990 a República da Iugoslávia.

 

A Sérvia possui duas províncias autônomas: Voivodina e Kosovo. Embora tenha proclamado a sua independência, Kosovo ainda não conseguiu reconhecimento pela maioria dos países.

 

A Sérvia possui 10 milhões de habitantes atualmente. Detalhe: mais de 10% da população vive na capital, Belgrado.

 

As cidades mais populosas da Sérvia são, pela ordem: Belgrado, Novi Sad, Pristina, Nis, Kragujevac e Leskovac.

 

Belgrado é uma das cidades mais antigas do continente europeu (dizem que é habitada há mais de 6 milênios). Ele já foi ocupada por celtas, gregos, romanos e turcos-otomanos.

 

Os sérvios são em sua imensa maioria cristãos-ortodoxos. Em regiões como Kosovo, existe um grande contingente de muçulmanos albaneses.

 

A sérvia usa o alfabeto cirílico e o latino, resultado do cruzamento de diversas civilizações.

 

Uma das principais atrações turísticas de Belgrado é a catedral de São Sava, a maior igreja ortodoxa do mundo.

 

Os esportes mais populares são o futebol, o vôlei e o basquete. A seleção sérvia de vôlei é atualmente uma das melhores do mundo.

 

A Sérvia era a nação mais industrializada da antiga Iugoslávia.

 

Além da Sérvia, fizeram parte do Império Otomano países tão diferentes quanto Grécia, Turquia, Líbano e Arábia Saudita.

Share: