Localizado no estado norte-americano da Califórnia, o Vale do Silício é conhecido pela indústria de alta tecnologia. Entre as empresas que lá atuam estão Apple, Google e Facebook. Veja nas linhas abaixo algumas informações e curiosidades sobre essa opulenta região próxima à dinâmica cidade de São Francisco.

 

As cidades do Vale do Silício (Silicon Valley, em inglês) por ordem alfabética: Campbell, Cupertino, Fremont, Los Altos, Los Gatos, Menlo Park, Mountain View, Milpitas, Newark, Palo Alto, Redwood City, San Jose, Santa Clara, Saratoga, Sunnyvale e Unio City.

 

As cidades mais populosas são San Jose, com 946 mil habitantes; Fremont, com 214 mil; e Santa Clara, com 116 mil (dados de 2016).

 

Algumas importantes cidades do Vale do Silício fazem parte do condado de Santa Clara, na área da baía de São Francisco. São os casos de San Jose, Palo Alto e Mountain View.

 

As empresas mais conhecidas do Vale são: Apple, Facebook, Yahoo!, Google, HP, Pixar, Symantec, EBay, Adobe, Netflix, Cisco System, PayPal e Oracle.

 

Além das empresas acima citadas, o Vale do Silício abriga filiais da Microsoft, Sun Microsystem, McAfee, Dell, Amazon, Sony Erickson, Hitachi, Siemens, Asus, Nokia, Sanyo, Fujitsu e Mozilla, entre outras.

 

A empresa mais valiosa do mundo em 2015 era a Apple Computer – a fabricante do IPhone, IPad e IMac –, com sede na cidade de Cupertino. O seu valor de mercado na época era de US$ 247 bilhões.

 

A segunda empresa com maior valor de mercado – diga-se US$ 173 bilhões – naquele ano era o Google, que possui matriz em Mountain View.

 

São Francisco é a cidade mais famosa da baia de São Francisco, área onde fica o Vale do Silício. A sua população é de 805 mil habitantes, o que faz dela a terceira maior da Califórnia.

 

Com mais de 37 milhões de habitantes, a Califórnia é o estado mais populoso dos Estados Unidos. Ela concentra mais de 10% da população do país.

 

Quatro das 20 maiores cidades dos Estados Unidos estão na Califórnia: Los Angeles, San Diego, São Francisco e San Jose. Duas estão na região da baia de São Francisco.

 

A localidade de San Jose é também famosa no mundo inteiro por abrigar a matriz da ordem mística AMORC, mais conhecida como Ordem Rosacruz.

 

A região metropolitana de São Francisco possui a maior porcentagem de gays por 100 mil habitantes dos Estados Unidos e, talvez, do mundo. Enquanto na população em geral, os homossexuais não passam de 10%, em São Francisco eles chegam a 20%.

 

Localizado ao norte de São Francisco, existe outro vale bastante famoso: o Napa Valley. A sua principal atração são as vinícolas, onde são produzidos vinhos de qualidade comparável aos melhores da Europa. Com quase 5 milhões de visitantes, o Napa é o segundo lugar mais visitado da Califórnia, atrás da Disneylândia.

 

Outro vale famoso é o de San Fernando, ao sul do Vale do Silício. Quase 100% dos filmes pornôs distribuídos nos Estados Unidos e em boa parte do mundo são feitos nas cidades da região (Calabasas, San Fernando, Burbank, Los Angeles…). Não é sem motivo, portanto, que o Vale é chamado pelos locais de San Pornando Valley, Silicone Valley e Porn Valley.

 

O Vale do Silício fica às margens da falha de San Andreas, uma espécie de “rachadura” na crosta terrestre. Essa falha faz da região uma das mais vulneráveis a terremotos do mundo. Os habitantes da Califórnia sabem que cedo ou tarde ocorrerá um grande abalo sísmico no estado, evento por muitos chamado de Big One.

 

Várias pesquisas foram feitas para explicar o sucesso do Vale do Silício. Entre as descobertas por elas reveladas estão: a concentração de universidades de renome (como é o caso da Universidade de Stanford), o número significativo de centros de pesquisa do governo dos Estados Unidos, a quantidade elevada de laboratórios de pesquisas privados e, principalmente, a capacidade das empresas lá instaladas de integrar inovação com estratégias de negócio.

 

Das 10 melhores universidades do mundo, oito estão nos Estados Unidos. Dessas, três ficam no estado da Califórnia. São elas: Instituto de Tecnologia da Califórnia, Universidade da Califórnia e Universidade de Stanford. Detalhe: localizada no Vale do Silício, a Universidade de Stanford é a quinta instituição top do mundo.

 

Das 20 universidades com maior número de prêmios Nobel do mundo, 13 são norte-americanas. Uma delas é, obviamente, a Universidade Stanford.

 

Da mesma família do carbono, o silício é o segundo elemento mais abundante na crosta terrestre, principalmente na forma de silicato e dióxido de silício. É encontrado na areia, na argila, no granito e no quartzo. O silício um dos principais elementos da maioria dos semicondutores.

 

O Vale do Silício recebeu esse nome por causa da grande quantidade de empresas de hardware lá presentes.

 

Fontes: Wikipédia, Brasil Escola, Forbes, Scientific American Brasil, Info, Estadão, G1.

 

Share: