De Branca de Neve, de 1937, até Frozen, de 2013, os estúdios Disney lançaram ao todo 13 princesas. Sucesso entre as garotinhas do mundo todo, elas possuem alguns traços peculiares e histórias curiosas. Veja nas linhas a seguir algumas dessas curiosidades sobre esse hipnotizante mundo, o das princesas da Disney.

 

Alguns filmes sobre princesas estão para entrar em cartaz nos próximos anos nos cinemas. Já foram feitos filmes sobre Cinderela e A Bela e a Fera, mas estão programadas produções de Branca de Neve, A Pequena Sereia, Mulan e Aladin.

 

Jasmine, de Aladin, é a única princesa que não é protagonista de um desenho. Ela é também uma das poucas que não usam vestido (a outra é Moana, do desenho de mesmo nome).

 

De todas as princesas da Disney, Pocahontas é a única baseada numa pessoa que realmente existiu.

 

Mulan, do desenho de mesmo nome, não foi inspirada numa pessoa real, mas em alguém que “provavelmente existiu”. Sua história é baseada na lenda de Hua Mulan, uma guerreira descrita no poema A Balada de Mulan.

 

Frozen é o único desenho com duas princesas: Anna e Elza.

 

Você sabia que os fãs de Star Wars fizeram uma petição pedindo para a Disney incluir a princesa Leia, de Star Wars à franquia Disney Princess? A campanha foi lançada após a morte da atriz Carrie Fisher, em 2016.

 

A primeira princesa foi Branca de Neve, do longa Branca de Neve e os Sete Anos, de 1937. O detalhe é que a Disney lançaria Cinderela, a segunda princesa, somente 13 anos depois.

 

Você que após o sucesso da primeira princesa, Branca de Neve, a Disney planejou um segundo desenho com a personagem? Chamada do Snow White Returns, ele nunca chegou a ser produzido.

 

Quando Ariel de A Pequena Sereia foi lançada, em 1989, fazia 30 anos que a Disney não produzia nenhum filme com princesas. A última princesa antes dela foi Aurora, de A Bela Adormecida, de 1959.

 

A aparência de Bela, do longa A Bela e a Fera foi inspirado em Judy Garland, em O Mágico de Oz, e Julie Andrews, de A Noviça Rebelde.

 

De todas as princesas, as únicas que não são “tecnicamente” princesas são Mulan e Pocahontas.

 

Aurora, de A Bela Adormecida, é a mais calada de todas as princesas. Suas falas somam apenas 18 linhas. Ela também só aparece em 18 minutos num desenhos com 75 de duração.

 

A princesa que mais abriu a boca foi Ariel, de A Pequena Sereia. Ela é a que mais canta de todas as personagens.

 

O número do sapatinho de cristal de Cinderela é 4,5 na numeração norte-americana, o equivalente a 33 no Brasil. Agora você está entendendo porque ele jamais se adequou em outros pés.

 

As únicas canhotas são Mulan e Tiana, esta última da produção A Princesa e o Sapo.

 

A mais jovem entre as princesas é Branca de Neve, que na história original possui apenas 14 anos de idade. A mais velha é Elza, de Frozen, que tem 21 anos.

 

As únicas que possuem irmãos são Mérida, de Valente, e Elza, de Frozen. Todas as outras são filhas únicas.

 

Tiana, de A Princesa e o Sapo, é a única que trabalha – com exceção de Cinderela, que era obrigada a trabalhar para a madrasta.

 

Ariel é a única princesa que não nasceu humana.

 

Merida, de Valente, foi a única princesa criadas pelo estúdio Pixar.

 

O único desenho a reunir todas as princesas é WiFi Ralph – Quebrando a Internet, de 2018.

 

Fontes: Wikipédia, Factinate, Mega Curioso, Guia dos Curiosos.

 

Share: